Fechar
Eventos 21 Agosto 2019, 21:20

A apresentação dos novos contratados

A apresentação dos novos contratados
Os cinco contratados deste mercado de verão foram apresentados nesta quarta-feira (21) no Stade Louis-II, junto com Oleg Petrov, vice-presidente e gerente geral do clube. Confira os melhores momentos desta coletiva de imprensa

Oleg Petrov:

“Temos a ambição de ter bons resultados. O objetivo não mudou. Não falarei sobre futuros contratados. Estamos procurando por jogadores de alta qualidade que se integrem ao coletivo.

No momento, não temos a equipe completa. Os jogadores não tiveram tempo para se entrosar. Tenho certeza de que as coisas irão melhorar, os jogadores que estão entrando querem ter sucesso.”

“Esperamos que Radamel Falcao fique no clube. Esse é o nosso objetivo, ele é um grande jogador, um grande profissional, que tem uma grande história com o AS Monaco.

A ideia desta temporada é jogar com dois atacantes. É por isso que queremos manter Falcao. Para o ataque, temos várias soluções, como o retorno aos treinos de Pietro Pellegri, por exemplo. Vamos nos concentrar agora no meio de campo e zaga.

Eu entendo o descontentamento da torcida após os primeiros resultados, mas posso assegurar-lhes que todos estão fazendo o seu melhor: sejam os jogadores, os contratados que demonstram um bom estado mental ou o técnico e sua comissão.”

Benjamin Lecomte:

“Este não é o começo de campeonato que esperávamos, mas há uma equipe que está sendo construída, precisamos de algum tempo e continuo convencido de que seremos competitivos.

O AS Monaco? É uma belíssima etapa, aceitei imediatamente. Este é o tipo de clube onde eu queria atuar, em termos de ambição.”

“Estamos em construção, temos que nos dar tempo. Há talento na equipe, e com coesão e trabalho, coisas bonitas acontecerão.”

Ruben Aguilar:

“Faz apenas duas semanas que estou aqui. O elenco é bom, todos os jogadores estão 100% envolvidos, somos concorrentes e queremos mostrar o nosso valor.

Nos dois primeiros jogos, houve alguns fatos contra nós. Levei um cartão vermelho por excesso de vontade. Cabe a mim lidar com essas emoções no futuro.”

“A seleção está na mente de cada jogador, vou continuar a trabalhar, e uma boa temporada com o AS Monaco poderia me oferecer uma pré-convocação.”

Ben Yedder: 

“É apenas o começo, não podemos julgar em dois jogos. Todo mundo sabe que o Monaco é um grande clube, no ano passado foi difícil, mas não devemos esquecer os últimos cinco anos, especialmente as semifinais da Liga dos Campeões em 2017. Estou muito feliz e satisfeito aqui no Monaco.

Foi difícil sair do Sevilla, foi muito emocionante. Com Oleg e o Presidente, conversamos muito e temos grandes ambições. Minha escolha foi feita nessa direção. Ao voltar para a França, a ambição é continuar progredindo.”

“Para esta escolha, eu obviamente conversei com o treinador Didier Deschamps. Ele conhece o Monaco e me deu alguns conselhos.

Ficarei feliz se Falcao permanecer. Ele é um jogador extraordinário. Se ele ficar, faremos o nosso melhor para levar o clube aos lugares mais altos.”

Onyekuru:

“O AS Monaco é um grande clube e estou feliz por estar aqui. Para um jovem jogador como eu, é ótimo poder jogar em um clube que aspira disputar as grandes competições europeias.”

Slimani: 

“Ser campeão africano é um orgulho. É muito importante para mim. Acho que posso somar à equipe através da minha experiência.

É muito importante jogar com um treinador que conhecemos. Ele está ciente das minhas qualidades, é um bom treinador que sabe como dar confiança aos jogadores, nos encorajar a dar tudo pela equipe.”

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.