Fechar
Ligue 1 Conforama 07 Maio 2022, 00:26

A oitava vitória consecutiva, agora em Lille!

A oitava vitória consecutiva, agora em Lille!
Depois de um jogo dominado pelos Rouge et Blanc, Philippe Clement e os seus homens conseguiram a oitava vitória consecutiva no estádio Pierre-Mauroy (1-2), e subiram temporariamente ao pódio

Já vencedores das últimas sete partidas da Ligue 1, os jogadores do AS Monaco foram estender sua incrível série no estádio Pierre-Mauroy, derrotando o LOSC (1-2). Para buscar a 8ª vitória consecutiva na elite francesa, o melhor desempenho atual no Big 5 europeu, Philippe Clement decidiu repetir quase a mesma a equipe escalada em Rennes e no Derby. Com uma exceção: com o retorno de Guillermo Maripán na zaga, ao lado de Benoît Badiashile.

A calmaria… antes da tempestade Tchouameni!

O jogo começou em falso ritmo e só aos 7 minutos Jonathan David deu a primeira finalização, mas para fora. Na sequência, foi Timothy Weah quem obrigou Alexander Nübel a trabalhar (12′). Um cabeçada de Gabriel Gudmundsson também levou perigo ao goleiro alemão (19′). Empurrados pelos mais de 600 torcedores monegascos no Stade Pierre-Mauroy, os Rouge et Blanc tentaram reagir.

Foi finalmente em um escanteio que Aurélien Tchouameni levou o primeiro perigo, de cabeça (26′). Ele tentou então a à distância, mas errou o alvo (31′). O ritmo voltou a cair no final do primeiro tempo, antes da cobrança de falta direta de Wissam Ben Yedder na barreira (40′). E o  gol de abertura do placar finalmente aconteceu pouco antes do intervalo, com uma alta recuperação de Vanderson. O capitão monegasco recebeu e tocou atrás para Aurélien Tchouameni, que bateu rasteiro de canhota sem chances para o goleiro (0-1, 42′)!

Quer mais? Então toma!

Segundo gol para ele e quinta assistência para Wiss. Um gol bem-vindo, mesmo que tenha demorado muito tempo para tomar forma. De volta dos vestiários, os comandados de Philippe Clement recomeçaram muito forte com um belo remate de Aleksandr Golovin na rede pelo lado de fora (46′). Depois, foi a vez de uma boa cabeçada de Benoît Badiashile, que terminou nas luvas de Leo Jardim (48′). O LOSC respondeu com um chute de Jonathan Bamba (50′).

Entrando em jogo, Angel Gomes viu o seu chute passar raspando a trave de Nübel (65′). Mas ele não perdeu a oportunidade de empatar na sequência, quando Jonathan Bamba o encontrou na área monegasca (1-1, 69′). O Lille cresceu, e Edon Zhegrova (71′) e Zeki Çelik (72′) tentaram a sorte. Mas o desejo de vencer é muito forte entre os Rouge et Blanc, e Aurélien Tchouameni, de novo ele, mandou uma bomba de longe e marcou mais um golaço (1-2, 75′)!

Segundo lugar provisório na Ligue 1

Que golaço do francês, servido pela oitava assistência de Caio Henrique nesta temporada na Ligue 1. Timothy Weah reagiu para o Lille, mas seu chute subiu demais (78′). Alexander Nübel desta vez mostrou grande serenidade diante de Zhegrova no um contra um, em uma saída como um goleiro de handebol (85′). O placar não mudou mais, apesar de alguns ataques recentes.

O AS Monaco se impõe com caráter no Norte e estende sua série excepcional para oito vitórias consecutivas na Ligue 1, algo inédito desde 2017! Os companheiros de equipe de Aurélien Tchouameni, homem do jogo com seus dois gols, sobem temporariamente para o segundo lugar da elite à frente do OM. Uma vitória que terá de ser confirmada durante a despedida da temporada no Stade Louis-II frente ao Brest, no próximo sábado (14). DAGHE MUNEGU!! 🇲🇨


A ficha do jogo

Ligue 1 Uber Eats – 36ª rodada

Lille 1-2 AS Monaco

Gols: Gomes (69′) para o Lille; Tchouameni (42′ e 75′) para o AS Monaco

Cartões amarelos: Çelik (39′), Fonte (51′), André (87′) e Bamba (90′) para o Lille; Ben Yedder (65′) para o AS Monaco

Lille: Jardim – Çelik, Fonte ©, Botman, Djalo (Bradaric, 87′) – Bamba (Lihadji, 92′), André, Onana, Gudmundsson (Zhegrova, 56′), Weah, David (Gomes, 56′)

Reservas: Grbic, Bradaric, Pied, Gomes, Lihadji, Zhegrova, Yoro, Raghouber

Treinador: Jocelyn Gourvennec

AS Monaco: Nübel – Aguilar, Maripán, Badiashile, C.Henrique – Vanderson, Tchouameni, Fofana, Golovin (Jakobs, 56′) – Volland (Jean Lucas, 81′), Ben Yedder © (Boadu, 66′)

Reservas: Mannone, Disasi, Jakobs, Sidibé, Akliouche, Diop, Jean Lucas, Matazo, Boadu

Treinador: Philippe Clement

Rise. Risk. Repeat.

MAS DE FATO, PARA QUE SEUS COOKIES SÃO USADOS? 🤔

Você os aceita várias vezes por dia nos vários sites que visita. Mas o que você sabe sobre eles? Obviamente, os cookies não são comidos e também não são perigosos. Eles apenas nos ajudam a personalizar sua experiência na Internet. Quando você visita o asmonaco.com, eles nos permitem primeiro analisar o público e o desempenho do site. E eles nos servem principalmente para fornecer a você anúncios e conteúdo que correspondem ao que você gosta. Observe que você pode alterar suas preferências a qualquer momento, graças aos regulamentos sobre proteção de dados pessoais. Ou entre em contato com nossa equipe para qualquer esclarecimento. Obrigado por sua confiança!

Cookies strictement nécessaires
Cookies statistiques
Cookies tiers