Fechar
Sem categoria 20 Outubro 2019, 22:06

Ben Yedder garante a vitória!

Ben Yedder garante a vitória!
Com dois gols de Wissam Ben Yedder, incluindo um nos acréscimos, o AS Monaco venceu o Rennes por 3 a 2

Não foi necessário chegar atrasado para ver emoções neste jogo entre AS Monaco e Stade Rennais. Logo no terceiro minuto, Wissam Ben Yedder completou com estilo o cruzamento de Islam Slimani pela esquerda. Bem posicionado na segunda trave, o francês colocou a equipe em vantagem, marcando seu sétimo gol na temporada na sétima assistência de seu companheiro de equipe! Os Rouge et Blanc dominaram este primeiro período, mas foram surpreendidos por Maouassa aos 12 minutos, quando o adversário arrancou sozinho pela esquerda e chutou cruzado sem chances para Lecomte.

A grande pressão mongasca

Mesmo este sendo praticamente o único lance de brilho do Rennes no primeiro tempo, os visitantes estavam de volta ao placar. Fora essa jogada, o Stade Rennais sofreu uma pressão monegasca durante quase a totalidade deste primeiro ato. Mas os monegascos não concretizaram suas chances. Fàbregas viu seu chute ser desviado para escanteio por Gnagnon (25’/1ºT), e Salin defendeu uma bela cabeçada de Slimani (39’/1ºT). No intervalo, apesar de um primeiro período muito interessante, o AS Monaco teve que se contentar com o empate.

AS Monaco 3-2 Stade Rennais
1 / 19

Mais um de Slimani

A situação ficou um pouco pior quando Hunou aproveitou uma cobrança de falta de Grenier para dar vantagem ao Rennes logo no retorno dos vestiários (2’/2ºT). Era o segundo gol que caía do céu para os visitantes, mas o AS Monaco não abaixou a cabeça, o que lhe permitiu empatar rapidamente com o inevitável Islam Slimani. Após driblar Salin, o argelino empurrou a bola para o gol vazio e reviveu a chama monegasca (10’/2ºT). Depois de uma grande oportunidade arruinada por Hunou, foi a vez do AS Monaco perder sua chance, quando Slimani e Ben Yedder não puderam fazer a diferença diante de uma defesa do Rennes em grande dificuldade (19’/2ºT).

Ben Yedder solta o grito da torcida no Stade Louis-II

Gradualmente, o ritmo diminuiu e o AS Monaco pareceu desacelerar quando o final da partida se aproximava. Keita Baldé quase fez o seu, mas o VAR anulou o gol por um toque de mão bastante involuntário. A chateação reinava no final da partida, quando Wissam Ben Yedder bateu de voleio nos acréscimos! Assim, o francês balançou o Stade Louis II, ao mesmo tempo em que seus companheiros de equipe formaram uma pirâmide humana acima dele. Com esta vitória sofrida, o AS Monaco subiu ainda mais na classificação e poderá abordar com calma sua viagem a Nantes na próxima sexta-feira.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.