Fechar
Ligue 1 Conforama 04 Dezembro 2020, 11:23

Benoît Badiashile : "O treinador quer sempre mais"

Benoît Badiashile : "O treinador quer sempre mais"
Benoît Badiashile falou em conferência de imprensa dois dias antes da viagem a Lille.

Titular regular ao lado de Axel Disasi, Benoît Badiashile não perdeu nenhum jogo desde o início da temporada. Ele falou com jornalistas dois dias antes da viagem a Lille, e o zagueiro central de 19 anos explica que não está acomodado, apesar da atual boa atuação do AS Monaco, que venceu seus últimos quatro jogos.

Benoît, imaginamos que com esta sequência de quatro vitórias consecutivas, tudo está bem?

De fato, tudo está melhor desde nossa última derrota. Conseguimos elevar o ritmo com uma seqüência de quatro vitórias consecutivas, mas isso não é definitivo. A temporada ainda é longa e devemos seguir nessa dinâmica para conquistar algo no final da temporada. Certamente estamos em uma boa posição, mas não devemos nos precipitar. Claro, quando está no AS Monaco, você tem que ter objetivos altos.

Você se destacou, em particular, por não levar gol na última partida.

Defendemos juntos e é muito mais fácil para nós com a ajuda dos meias. Todos nós pressionamos juntos e essa é a nossa força este ano. Youssouf (Fofana) e Aurélien (Tchouameni) fazem muito bem para o Axel e para mim. Eles nos ajudam a defender melhor, mas também são bons ofensivamente nas fases de recuperação. Isso nos dá mais estabilidade defensiva.

Quando Niko chegou, ele nos mostrou seu estilo de jogo. Demorou um pouco, mas agora está melhorando. Temos nossos padrões de jogo e sabemos o que fazer. No entanto, está fora de questão desistir. Com um treinador assim, não é possível adormecer, e quando você é um jogador jovem, menos ainda.
Benoît Badiashile

Você vai enfrentar o LOSC, uma equipe muito forte neste campeonato e que também está indo bem.

O Lille tem muitas qualidades ofensivas como, por exemplo, Burak Yilmaz que voltou a impressionar ontem ao marcar dois gols contra o Praga, mas também temos as nossas qualidades. Wissam (Ben Yedder), Kevin (Volland), Sofiane (Diop) e Gelson (Martins) estão em grande forma e espero que possamos jogar como temos feito nas últimas partidas. Os nossos atacantes estão a trabalhar muito bem em conjunto, nos últimos quatro jogos funcionou muito bem e é claro que vamos precisar deles para esperar um bom resultado em Lille.

Então não há necessidade de ir e marcar em escanteio?

(risos) Se Axel e eu conseguirmos continuar subindo e fazendo gols em lances de bola parada, então não vamos dizer não para isso. Mas temos bons atacantes que estão lá para isso. Eles estão acostumados a trabalhar juntos no treinamento, mas o treinador também deseja manter o elenco junto para que todos permaneçam envolvidos.

Como você pode descrever seu relacionamento com Axel (Disasi)?

Nós nos entendemos muito bem em campo, Axel e eu. Como ele é francês, é mais fácil. Gosto de jogar com ele, tem qualidades muito boas e espero que continuemos a ajudar a equipe juntos nesta temporada. É a minha melhor forma, desde que cheguei, estamos no caminho certo e o treinador está nos dando um pouco de estabilidade.

É verdade que há muitos talentos na seleção francesa na minha posição. Isso me obriga a trabalhar ainda mais e dar o meu melhor todos os dias para esperar ser convocado para a Seleção sênior. Acho que todos os jogadores pretendem jogar pelo seu país um dia.
Benoît Badiashile

Já que você está falando do treinador, como foi a adaptação dele?

Quando Niko chegou, ele nos mostrou seu estilo de jogo. Demorou um pouco, mas agora está melhorando. Temos nossos padrões de jogo e sabemos o que fazer. No entanto, está fora de questão desistir. Com um treinador assim, não é possível adormecer, e quando você é um jogador jovem, menos ainda. Ainda há um longo caminho a percorrer, não provamos nada. O treinador é muito rigoroso, exige de nós que estejamos sempre a 100% e se não correr bem, às vezes fica chateado. Quando isso acontece, você entende rapidamente.

É comum?

Mesmo quando estamos vencendo por 3 a 0, ele grita conosco para que continuemos trabalhando. O treinador quer sempre mais e isso é uma ajuda para nós, jovens jogadores, para não relaxarmos e continuarmos a trabalhar para manter os resultados chegando. Mas, claro, ele também não é um ditador (sorri). Ele sabe que às vezes cometemos erros porque somos jovens. Não há medo de falhar, porque mesmo que você falhe uma vez, ele quer que você continue tentando. E se isso acontecer em uma partida, você tem que saber levantar a cabeça para não cair de nível e depois não conseguir se recuperar.

O Lille tem muitas qualidades ofensivas como, por exemplo, Burak Yilmaz que voltou a impressionar ontem ao marcar dois gols contra o Praga, mas também temos as nossas qualidades. Wissam (Ben Yedder), Kevin (Volland), Sofiane (Diop) e Gelson (Martins) estão em grande forma e espero que possamos jogar como temos feito nas últimas partidas. Os nossos atacantes estão a trabalhar muito bem em conjunto, nos últimos quatro jogos funcionou muito bem e é claro que vamos precisar deles para esperar um bom resultado em Lille.
Benoît Badiashile

Você ainda se sente jovem neste time, embora já esteja aqui há vários anos?

Aos 19 anos, é difícil dizer que alguém é um líder. É verdade que para mim é mais fácil porque estou em Mônaco há alguns anos. Por exemplo, como os conheci pessoalmente, pude ajudar Youssouf, que agora é uma pessoa que gosta de rir e se diverte no vestiário, mas também Aurélien, a se encaixar quando eles chegaram. Não tive um momento fácil aqui, mas todas essas várias experiências me fizeram evoluir. É provavelmente por isso que é mais fácil para mim hoje. Espero contribuir para o sucesso do AS Monaco.

A França é um país que desenvolveu muitos zagueiros talentosos. Isso o motiva ainda mais para a excelência?

É verdade que há muitos talentos na seleção francesa na minha posição. Isso me obriga a trabalhar ainda mais e dar o meu melhor todos os dias para esperar ser convocado para a Seleção sênior. Acho que todos os jogadores pretendem jogar pelo seu país um dia.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.