Fechar
Portrait 29 Julho 2020, 17:54

Conhecendo Eliot Matazo

Conhecendo Eliot Matazo
Nesta semana de preparação, três jovens da Academia foram convocados por Niko Kovac para o estágio na Polônia. Segundo episódio hoje, com a apresentação do volante Eliot Matazo

Era 3 de outubro de 2018. Enzo Millot abriu o placar aos 17 minutos de jogo em uma partida da Youth League, na qual o AS Monaco venceu ao final por 2 a 0. Uma grande vitória da qual Eliot Matazo também participou, entrando em campo no lugar de… Enzo Millot! Uma mudança provavelmente para manter o placar, bloquear o meio de campo e não sofrer gols, com Eliot Matazo atuando em uma posição mais defensiva.

O dia da minha assinatura é inesquecível para mim. Sempre acompanhei o AS Monaco, onde atuaram grandes jogadores. É um ótimo clube formador. Fui capitão em praticamente todas as faixas etárias no Anderlecht, onde aprendi muito e farei tudo para continuar progredindo no projeto do AS Monaco.
Eliot Matazo

O perfil do meio-campista lembra o de Claude Makélélé, francês com uma grande carreira internacional. “É verdade que ele lembra um pouco”, confidencia alguém próximo à Academia que o viu atuar desde sua chegada ao AS Monaco, dois anos atrás. Outra semelhança com o ex-jogador do Chelsea ou Real Madrid: as origens congolesas. Eliot Matazo nasceu em 15 de fevereiro de 2002, filho de pais congoleses em Woluwe-Saint-Lambert, uma cidade nos subúrbios a leste de Bruxelas.

Muito rapidamente, ele atravessou a capital para chegar à cidade de Anderlecht, localizada a oeste de Bruxelas. O volante assinou sua primeira licença com os Mauves em 2008, aos seis anos de idade. O jovem, que agora tem 18 anos, ganhou tempo de jogo ao longo dos anos e foi muitas vezes o capitão em seu clube. Paralelamente à sua notável carreira entre os jovens do Anderlecht, Eliot Matazo também atuou como capitão da Bélgica sub-16.

Eliot tem um grande desejo, uma grande determinação com um grande volume atlético. Ele ainda tem que progredir em seu volume de jogo.
David BechkouraTreinador da N2

Considerado uma das melhores promessas belgas de sua geração, o volante atraiu muitos clubes europeus, mas foi no AS Monaco que ele assinou orgulhosamente seu primeiro contrato profissional. “É um dia inesquecível para mim. Sempre acompanhei o AS Monaco, por onde passaram grandes jogadores”, ele confidenciou quando foi contratado em junho de 2018. “É um ótimo clube formador. Fui capitão em praticamente todas as categorias de base no Anderlecht, onde aprendi muito e farei de tudo para continuar progredindo no projeto do AS Monaco.”

Eliot Matazo, no entanto, não teve o começo dos sonhos durante seus primeiros passos no Rochedo. Rapidamente lesionado, o incansável volante ficou fora de campo por quase um ano. Trabalhador, ele usou seu lema “Sem dor, sem ganho” para retornar ao melhor nível. Contra o Nîmes, na fase de 16 avos de final da Copa Gambardella em 2 de fevereiro de 2020, o AS Monaco perdia por 1×0 no intervalo e conseguiu a virada no segundo tempo, momento escolhido por Eliot Matazo para anotar seu único gol pelo clube. Um verdadeiro alívio para quem veio de longe. Na temporada 2019/2020, o ex-jogador do Anderlecht disputou 957 minutos com a Academia, as categorias N2 e sub-19 combinadas (11 partidas como titular na N2).

Eliot Matazo após anotar o terceiro gol do AS Monaco contra o Nîmes (vitória por 4×1)

Verdadeiro cão de guarda diante da defesa, Eliot Matazo estava atuando nesta temporada sob as ordens de David Bechkoura (técnico da Nationale 2), que fala de seu jogador como alguém que tem “um grande desejo, uma grande determinação, com um grande volume atlético”, mas ainda precisa “progredir em seu volume de jogo”. Nunca hesitando em se esforçar e em avançar, Eliot Matazo, que participou dos primeiros jogos amistosos contra Cercle Brugge e Standard de Liège, poderá voltar a jogar entre os profissionais no próximo sábado (1º), durante a partida contra o Eintracht Frankfurt.

1 / 5

 

MAS DE FATO, PARA QUE SEUS COOKIES SÃO USADOS? 🤔

Você os aceita várias vezes por dia nos vários sites que visita. Mas o que você sabe sobre eles? Obviamente, os cookies não são comidos e também não são perigosos. Eles apenas nos ajudam a personalizar sua experiência na Internet. Quando você visita o asmonaco.com, eles nos permitem primeiro analisar o público e o desempenho do site. E eles nos servem principalmente para fornecer a você anúncios e conteúdo que correspondem ao que você gosta. Observe que você pode alterar suas preferências a qualquer momento, graças aos regulamentos sobre proteção de dados pessoais. Ou entre em contato com nossa equipe para qualquer esclarecimento. Obrigado por sua confiança!

Cookies strictement nécessaires
Cookies statistiques
Cookies tiers