Fechar
Ligue 1 Conforama 22 Agosto 2020, 16:47

Conhecendo o Stade de Reims

Conhecendo o Stade de Reims
Sexto colocado da Ligue 1 no ano passado e classificado para a Liga Europa, o Stade de Reims vem de uma temporada quase perfeita defensivamente, mas ofensivamente mais complicada. Conheça mais sobre a equipe comandada por David Guion desde 2017

Nos encontramos novamente! Antes do final do campeonato, o Stade de Reims foi a última equipe a colocar os pés no gramado do Stade Louis-II. Era 29 de fevereiro de 2020 e o duelo terminou empatado (1×1). E as duas equipes se enfrentarão neste final de semana pela rodada de abertura da Ligue 1 Uber Eats 2020-2021.

Melhor defesa e 2º pior ataque em 2019/2020

Com 26 gols marcados no ano passado, o Stade de Reims foi uma das equipes menos confortáveis ​​diante do gol adversário ao lado do Toulouse (22 gols marcados), principalmente porque 11 desses 26 gols foram marcados em jogadas de bola parada. Com dificuldades no jogo ofensivo, os Rémois, no entanto, compensaram com uma defesa de ferro que foi a melhor da Ligue 1. Pedrag Rajkovic, goleiro revelação do campeonato, esteve protegido por uma linha de quatro composta, no geral, por Ghislain Konan ou Hassane Kamara, Yunis Abdelhamid, Axel Disasi e Thomas Foket, e pelo cão de guarda Alaixys Romao. Mas dentre estes seis jogadores, três saíram do clube este ano: Hassane Kamara foi para o Nice, Alaixys Romao ao Guingamp e Axel Disasi assinou com o AS Monaco. Adversário de Wissam Ben Yedder em fevereiro passado (foto abaixo), o franco-congolês estará agora ao lado do co-artilheiro da Ligue 1 2019/2020.

O Stade de Reims se prepara para a Liga Europa

David Guion e seus jogadores disputaram nove amistosos para se preparar visando o retorno ao campeonato. Os Champenois estavam em boa forma, pois saíram vitoriosos dos jogos contra Troyes (3×1), Rouen (3×0), Le Havre (3×0), Maribor-ESL (2×0) e Midtjylland-DIN (3×1). Os outros quatro amistosos terminaram com um empate diante do Dunkerque (2×2) e derrotas contra Bordeaux (0x4) e Standard de Liège-BEL (0x1 e 0x3). Do lado das contratações, o Stade de Reims compensou suas saídas defensivas com as chegadas de Wout Faes, vindo do Ostend-BEL e Thibault De Smet, do Sint-Truiden-SUI. Já o atacante escocês Fraser Hornby veio para fortalecer o setor ofensivo. Outro reforço foi Valon Berisha, meia que teve a distinção de ter atuado pela seleção da Noruega antes de jogar hoje pelo Kosovo. O nativo de Malmö, que jogou por Red Bull Salzburg, Lazio e Fortuna Dusseldorf, traz sua experiência para este grupo que disputará a Liga Europa na próxima temporada. Sexto no último Campeonato Francês, o Stade de Reims participará da segunda fase preliminar da competição continental.


Trechos de coletivas de imprensa

É uma equipe muito bem organizada. É um dos menores orçamentos da Ligue 1, mas os resultados do Reims têm sido excelentes, portanto, parabenizo o treinador e o clube por isso.
Niko KovacTreinador do AS Monaco

Confira a coletiva de imprensa completa de Niko Kovac.

Será uma partida muito especial para mim, porque algumas semanas atrás estava em Champagne-Ardenne. Estou do outro lado hoje, vou ficar focado. Com certeza será estranho jogar contra ex-colegas, mas não defendo mais as cores deles. Vou dar tudo de mim pelo AS Monaco.
Axel DisasiDefensor do AS Monaco

Confira a coletiva de imprensa completa de Axel Disasi.

Seremos aguardados com ansiedade, o elemento surpresa existirá menos. Os adversários desconfiarão mais de nós. O Monaco quer se reconectar com sua ambição, fez um mercado muito bom, com a chegada de um ótimo zagueiro. Desde o início estaremos em destaque. É uma grande equipe que nos espera, e um grande jogo.
David GuionTreinador do Stade de Reims

Estatísticas de AS Monaco x Stade de Reims:

  • 46 confrontos na Ligue 1, com um balanço de 18 vitórias, 14 empates e 14 derrotas (75 gols marcados e 66 sofridos)
  •  Nos 23 jogos no Stade Louis-II, foram 11 vitórias, 8 empates e 4 derrotas (43 gols marcados e 25 sofridos)
  •  Uma derrota para o AS Monaco nos últimos 17 jogos da Ligue 1 frente ao Reims (9 vitórias e 7 empates)
  •  5×0 foi o placar mais largo, em 3 de maio de 1967, com dois gols de Philippe Piat e Gérard Grizzetti, além de um gol de Yvon Douis
AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.