Fechar
Ligue 1 Uber Eats 14 Novembro 2022, 00:25

Derrota nos acréscimos para o OM

Derrota nos acréscimos para o OM
Apesar de uma grande explosão de energia e depois de ter conseguido uma virada no segundo tempo, os Rouge et Blanc infelizmente perderam frente ao Olympique de Marselha (2-3), pouco antes da pausa internacional

Terrível. Ao final de uma partida louca e depois de passar à frente no segundo tempo, o AS Monaco foi derrotado no final da partida contra o Olympique de Marselha (2-3), em nome da 15ª e última rodada da Ligue 1 antes da Copa do Mundo. Para tentar terminar bem a primeira parte da temporada, Philippe Clement optou pelo clássico 4-4-2, com Axel Disasi na lateral-direita e a dupla Yedderland na frente, sob o olhar de Aurélien Tchouameni, que veio para dar o pontapé inicial.

Muitas oportunidades… mas sem sucesso!

O jogo começou muito forte, com uma grande oportunidade para Nuno Tavares, após um cruzamento perfeito de Jonathan Clauss na segunda trave (2′). Mas a resposta foi quase imediata do lado monegasco, com um chute de Youssouf Fofana – convocado pela França para a Copa do Mundo 2022 – da entrada da área (8′). A torcida monegasca ainda passou um novo susto em cabeçada de Matteo Guendouzi (9′).

Mais uma vez, o AS Monaco colocou o pé na bola e Mohamed Camara errou o alvo após uma boa sequência (14′). Mesmo destino para Amine Harit, encontrado em profundidade por Nuno Tavares (16′). Os duelos eram equilibrados, mas nenhuma das duas equipes conseguia abrir o placar. Nem mesmo Samuel Gigot, muito bem encontrado na entrada da área defendida por Alexander Nübel (23′). Nem Jonathan Clauss, que mandou para fora (26′).

Capitão Wiss iguala Radamel Falcao!

Kevin Volland também esteve muito perto de inaugurar o marcador, num remate rasteiro de esquerda que Pau Lopez conseguiu repelir (30′). Infelizmente, Alexis Sanchez obteve e converteu uma magnífica cobrança de falta na sequência (0-1, 35′). Um duro golpe para os Rouge et Blanc, que mesmo assim levantaram a cabeça alguns minutos depois… em outro lance de bola parada. Graças a um pênalti obtido por Krépin Diatta, Wissam Ben Yedder cobrou com uma cavadinha e garantiu o empate (1-1, 45′)!

Era o 83º gol do capitão monegasco com o clube do Principado, que lhe permite juntar-se a Radamel Falcao no 3º lugar da artilharia histórica do clube. O segundo tempo começou com uma grande maestria monegasca. Axel Disasi se encontrou em posição de marcar, mas Pau Lopez interveio sobre Krépin Diatta (57′). Uma pena. A partida tomou outro rumo, quando Amine Harit foi forçada a deixar o campo com uma lesão aparentemente grave (62′).

Um terrível final de jogo

Após um período de imprecisão, o AS Monaco tentou reacender esta partida, que caiu de intensidade. Foi então que Wissam Ben Yedder esteve perto de desviar um belo passe de Aleksandr Golovin, assim como Kevin Volland tentou a sorte com uma cabeçada (67′). Cinco minutos depois, o Tsar estava novamente no comando e serviu perfeitamente o atacante alemão na corrida, que bateu na saída de Pau Lopez (2-1, 72′). Golaço!

Os Rouge et Blanc estavam melhores fisicamente, e isso refletiu no placar. Youssouf Fofana esteve perto de aumentar, mas o seu chute passou tirando tinta da trave (77′). Uma falta de sucesso que beneficiou o OM momentos depois, que empatou com Jordan Veretout após uma confusão na área (2-2, 83′). Enfurecedor. Especialmente porque nos últimos segundos, o Marselha teve uma última oportunidade em cobrança de falta de Dimitri Payet, que Sead Kolasinac desviou para o fundo das redes (2-3, 97′).

Hora da Copa do Mundo

Assim, o AS Monaco perdeu no Stade Louis-II (3-2), ao final de um cenário terrível, pouco antes da pausa internacional. Teremos que levantar a cabeça nos dias 28 ou 29 de dezembro em Auxerre, para terminar bem o ano de 2022.

*Baixe agora o AS Monaco App (disponível no Google Play e na Apple Store)


A ficha do jogo:

Liga Europa – 15ª rodada

AS Monaco 2-3 Olympique de Marselha

Gols: Ben Yedder (45′) e Volland (73′) para o AS Monaco; Sanchez (35′), Veretout (83′) e Kolasinac (97′) para o OM

Cartões amarelos: Embolo (82′) e Vanderosn (95′) para o AS Monaco; Sanchez (78′) e Veretout (83′) para o OM

AS Monaco: Nübel – Disasi, Maripán, Badiashile, C. Henrique – Diatta (Vanderson, 94′), Fofana, Camara, Golovin – Volland (Jakobs, 94′), Ben Yedder © (Embolo, 78′)

Reservas: Didillon, Jakobs, Sarr, Vanderson, Akliouche, Matazo, Minamino, Boadu, Embolo

Treinador: Philippe Clement

Olympique de Marselha: Lopez – Mbemba, Gigot (Kolasinac, 82′), Balerdi – Clauss (Under, 73′), Rongier © (Gueye, 82′), Veretout, Tavares – Guendouzi (Dieng, 73′), Sanchez, Harit (Payet, 62′)

Reservas: Blanco, Kaboré, Kolasinac, Touré, Gueye, Payet, Dieng, Suarez, Under

Treinador: lgor Tudor

Rise. Risk. Repeat.

MAS DE FATO, PARA QUE SEUS COOKIES SÃO USADOS? 🤔

Você os aceita várias vezes por dia nos vários sites que visita. Mas o que você sabe sobre eles? Obviamente, os cookies não são comidos e também não são perigosos. Eles apenas nos ajudam a personalizar sua experiência na Internet. Quando você visita o asmonaco.com, eles nos permitem primeiro analisar o público e o desempenho do site. E eles nos servem principalmente para fornecer a você anúncios e conteúdo que correspondem ao que você gosta. Observe que você pode alterar suas preferências a qualquer momento, graças aos regulamentos sobre proteção de dados pessoais. Ou entre em contato com nossa equipe para qualquer esclarecimento. Obrigado por sua confiança!

Cookies strictement nécessaires
Cookies statistiques
Cookies tiers