Fechar
Ligue 1 Conforama 16 Dezembro 2020, 23:45

Derrota para o RC Lens

Derrota para o RC Lens
Ao final de uma partida complicada, os Rouge et Blanc perderam pela primeira vez nesta temporada no Stade Louis-II, para o Racing Club de Lens (3-0)

Quatro dias após a viagem a Marselha, Niko Kovac decidiu mudar ligeiramente o seu time titular. Uma oportunidade para Fodé Ballo-Touré começar pela esquerda, enquanto Maripán assumiu a zaga. Infelizmente, como contra o OM, os Rouge et Blanc sofreram um gol logo no início, após uma linda jogada do Lens.

Uma expulsão decisiva

Depois de uma excelente arrancada pela direita, Clément Michelin encontrou Issiaga Sylla, que teve o trabalho de apenas empurrar a bola ao gol vazio (1-0, 1’/1ºT). Os dois alas do 3-5-2 do RC Lens levaram apenas 35 segundos para abrir o placar. Na sequência, o AS Monaco reagiu primeiro com Kevin Volland, cujo voleio passou raspando a trave (7’/1ºT). Em seguida, os homens de Niko Kovac insistiram em um escanteio de Ruben Aguilar, que Guillermo Maripán cabeceou no travessão de Jean-Louis Leca (14’/1ºT).

Alguns minutos se seguiram com um pênalti apitado pelo árbitro central, que mudou de ideia após consultar o VAR. Na jogada, porém, Gelson Martins parecia ter sido desequilibrado por Gradit (16’/1ºT). O VAR voltou a ter um papel um pouco mais tarde. Um carrinho de Guillermo Maripán em Ignatius Ganago foi limpo, não resultando em penalidade. Mas Axel Disasi foi culpado por uma interferência ilegal na posição de último defensor, sendo expulso diretamente pelo árbitro Schneider (23’/1ºT).

Um placar muito largo ao intervalo

Eram 23 minutos de jogo e o AS Monaco já estava com um a menos. Em superioridade numérica, os Lensois aproveitaram para aumentar após novo cruzamento de Clément Michelin, desviado por Simon Banza (2-0, 34’/1ºT). Cinco minutos depois, foi Gaël Kakuta quem finalizou após uma tabela com Fofana (3-0, 39’/1ºT). E esse era o placar ao intervalo. Niko Kovac decidiu então preservar Wissam Ben Yedder e Kevin Volland, colocando Eliot Matazo e Djibril Sidibé.

Assim, Ruben herdou a braçadeira de capitão neste segundo tempo. Os monegascos tentaram algumas incursões, em particular com Youssouf Fofana, que finalizou duas vezes (9’/2ºT e 11’/2ºT). Os dois treinadores, então, aproveitaram a oportunidade para rodar as equipes, que disputavam seu terceiro jogo em dez dias. O segundo período acabou sendo bastante monótono. Assim, o AS Monaco foi derrotado ao final deste duelo da 15ª rodada da Ligue 1. Os monegascos terão rapidamente a oportunidade de se recuperar, uma vez que viajarão a Dijon neste domingo.



A ficha do jogo:

Ligue 1 Uber Eats – 15ª rodada
AS Monaco 0-3 RC Lens

Gols: Sylla (1’/1ºT), Banza (34’/1ºT) e Kakuta (39’/1ºT) para o Lens

Cartão Vermelho: Disasi (23‘/1ºT)

AS Monaco: Mannone – Aguilar, Disasi, Maripán, Ballo-Touré – Diop (Badiashile, 28’/1ºT), Fofana, Tchouameni, Gelson Martins (Pellegri, 15’/2ºT e depois Geubbels, 44’/2ºT) – Volland (Matazo, 1’/2ºT), Ben Yedder © (Sidibé, 1’/2ºT).
Reservas: Majecki, Sidibé, Badiashile, Caio Henrique, Matazo, Millot, Jovetić, Geubbels, Pellegri.

Treinador: Niko Kovac

RC Lens: Leca © – Michelin, Gradit (Fortes, 26’/2ºT), Medina, Haïdara, Sylla (Boura, 26’/2ºT) – Doucouré (Jean, 34’/2ºT), Fofana (Fofana, 26’/2ºT) – Kakuta (Mauricio, 12’/2ºT) – Banza, Ganago.
Reservas: Farinez, Clauss, Fortes, Boura, Cahuzac, Sotoca, Mauricio, Jean, Kalimuendo.

Treinador: Franck Haise

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.