Fechar
Sem categoria 24 Abril 2021, 01:30

Djibril Sidibé: “Buscamos um lugar na Champions League”

Djibril Sidibé: “Buscamos um lugar na Champions League”
Dois dias da partida contra o Angers, o lateral-direito do AS Monaco falou sobre os objetivos da equipe para o restante do campeonato.

No último final de semana, na vitória sobre o Bordeaux (3-0), Djibril Sidibé chegou aos 140 jogos pelo AS Mônaco. Seu nível o manteve como peça-chave no 4-4-2 de Niko Kovac, onde ele jogou 18 jogos até agora e marcou um gol. Faltando cinco partidas para o final do campeonato, o número 29 monegasco falou em entrevista coletiva antes da partida contra o Angers.

Olá Djibril, você já sabe como é ganhar a Ligue 1. Diga-nos o que fazer e se você encontra alguma semelhança com a temporada de 2017?

“O mais importante é focar e manter os pés no chão. Temos que ignorar o que a mídia diz sobre nós. É verdade que começamos mal a temporada. Tivemos que nos adaptar a um novo sistema, a uma nova carga de trabalho. Tínhamos que ficar focados no trabalho e agora podemos ver o resultado. Sim, existem semelhanças em termos de coesão, competição que é saudável. Estamos todos felizes por estarmos juntos como uma equipe. Fazemos sacrifícios e esforços uns pelos outros.”

A vitória na Copa levanta seu ânimo para lutar pela Ligue 1?

“Não, a Copa ainda é uma competição separada. No campeonato atingimos o objetivo que era nos classificarmos para uma competição Europeia. Ainda há coisas para jogar. O Lyon ainda é um grande clube da Ligue 1. É por isso que queríamos muito vencer esta equipe.”

Você sente que vocês estão mentalmente mais fortes?

“Cada equipe tem sua história. Vencer a partida das quartas de final da Copa da França foi importante para nós. Você tem que se recuperar e ir jogo a jogo.”

Existe a sensação de desistir de sua vida pelos companheiros desta equipe?

“O treinador nos transformou. É um espírito de equipe comparável ao que experimentei na Inglaterra em termos de corrida, intensidade, rigor e esforço. Isso constitui nossos pontos fortes. Mas a temporada ainda não acabou. Coisas bonitas estão acontecendo. Nós nos apegamos a esses ingredientes. Se todos permanecerem focados, há uma boa chance de que algo possa ser ganho.”

Houve um momento crucial que permitiu essa transformação?

“Estávamos cientes do nosso nível. Sofremos muitos gols, estávamos desorganizados. Ocorreu um problema com o equilíbrio. Tivemos que nos adaptar. Nos treinos, o nível de exigência é alto e é o que repetimos nos jogos. O trabalho e o esforço que colocamos se refletem hoje.”

Você esperava lutar pelo título tão rápido com o Mônaco?

“É verdade que o clube passou por muitas mudanças nos últimos anos. Individualmente, sempre queremos jogar grandes competições, mas sabíamos que foi um período difícil. Com o trabalho e a qualidade que temos, não poderíamos ficar de braços cruzados. O bom momento de hoje é o resultado do nosso trabalho.”

Os treinos estão no mesmo nível da Premier League?

“Sim, em termos de intensidade. E você pode sentir isso em uma partida. A partir do minuto 60 temos uma vantagem psicológica sobre nossos rivais. É um dos nossos pontos fortes e desenvolvemos bem esta temporada.”

Você sente que está um degrau acima, fisicamente falando, em relação aos seus rivais?

“É verdade que não deixamos o rival assumir o ritmo do jogo. Não os deixamos jogar e recuperamos a bola com grande pressão. Então são os atacantes que fazem a diferença.”

O que você achou da Superliga?

“É algo que não ficou claro. Joguei uma semifinal da Champions. Todos os jogadores querem jogar esta competição. Mas esse não é o meu campo. Este tipo de decisão exige que a maioria dos jogadores de futebol, torcedores, times e treinadores se reúnam e cheguem a um acordo.”

Um ano para o término do seu contrato, você planeja ficar aqui na próxima temporada?

“Tenho a oportunidade de jogar futebol e o AS Mônaco me permitiu ser campeão e jogar em alto nível. Em relação ao projeto e principalmente ao nível da equipe, não há debate. Mas, por enquanto, estou focado no final da temporada. Então discutiremos meu contrato.”

Você está falando sobre o título no vestiário?

“Não, mas em comparação com o início da temporada, o título ainda é um sonho. Não queremos o título, mas sim um lugar direto na Champions League. Temos que estar focados para garantir isso. Claro, eu gostaria de ganhar o título, mas ninguém fala em voz alta que vamos ganhar o campeonato. Veremos se temos meios para fazer algo.”

MAS DE FATO, PARA QUE SEUS COOKIES SÃO USADOS? 🤔

Você os aceita várias vezes por dia nos vários sites que visita. Mas o que você sabe sobre eles? Obviamente, os cookies não são comidos e também não são perigosos. Eles apenas nos ajudam a personalizar sua experiência na Internet. Quando você visita o asmonaco.com, eles nos permitem primeiro analisar o público e o desempenho do site. E eles nos servem principalmente para fornecer a você anúncios e conteúdo que correspondem ao que você gosta. Observe que você pode alterar suas preferências a qualquer momento, graças aos regulamentos sobre proteção de dados pessoais. Ou entre em contato com nossa equipe para qualquer esclarecimento. Obrigado por sua confiança!

Cookies strictement nécessaires
Cookies statistiques
Cookies tiers