Fechar
Ligue 1 Conforama 14 Março 2021, 21:03

Empate com o LOSC

Empate com o LOSC
Os comandados de Niko Kovac ficaram com o ponto do empate frente ao líder Lille, após um jogo muito equilibrado (0-0). Os Rouge et Blanc continuam assim a sua série de invencibilidade no Stade Louis-II, com um sexto consecutivo duelo sem derrota

Para enfrentar o LOSC, Niko Kovac decidiu renovar seu 3-4-3 que o levou à vitória contra o Paris no Parc des Princes e contra o Brest. Aleksandr Golovin foi escalado desde o início como aconteceu contra o Strasbourg. Do lado do Lille, Christophe Galtier alinhou o que tinha de melhor, com a única surpresa sendo a presença de Timothy Weah.

Um primeiro tempo sem gols

Nos primeiros minutos da partida, os monegascos ficaram bem posicionados. Na primeira ofensiva do Lille, Jonathan Bamba esteve muito perto de abrir o placar após pegar a sobra de uma defesa de Benjamin Lecomte em um chute de Timothy Weah (12’/1ºT). Os Rouge et Blanc também se mostraram perigosos. Wissam Ben Yedder achou que havia aberto o placar, mas o árbitro assistente ergueu a bandeira. O VAR interveio para verificar a sua posição adiantada por centímetros (21’/1ºT).

Aleksandr Golovin foi encontrado várias vezes entre as linhas durante os primeiros 45 minutos e permitiu que os monegascos criassem algumas situações, mas Mike Maignan foi pouco acionado. Pouco antes do intervalo, Wissam Ben Yedder esteve muito perto de recuperar um cruzamento do Czar, mas seu chute foi para fora (45’/1ºT).

Uma partida equilibrada

Os protegidos de Christophe Galtier, suspenso para esta partida, foram organizados durante estes primeiros 45 minutos. Os duelos foram muito equilibrados. Num encontro em que nenhuma das duas equipes conseguiu realmente dominar, apesar de uma posse de bola largamente a favor dos monegascos, alguns movimentos ofensivos merecem destaque. Mas a melhor defesa da Ligue 1 continua sólida. O bloco do Lille, bem postado, soube refutar os vários cruzamentos do clube do Principado.

A zaga comandada por Sven Botman e o experiente José Fonte não se curvou e venceu muitos duelos aéreos. Os pontas do AS Monaco criaram perigo, como em um cruzamento de Ruben Aguilar que esteve muito perto de ser desviado por Jonathan Ikoné contra o próprio gol (19’/2ºT).

Uma última oportunidade para Jovetić

A vinte minutos do apito final, Niko Kovac tentou de tudo ao trazer Djibril Sidibé, Cesc Fàbregas e Stevan Jovetić (30’/2ºT). Este último esteve muito perto de abrir o placar no final da partida. O atacante montenegrino ficou cara a cara com Mike Maignan, que fez uma defesa excepcional (45’/2ºT). O Lille, impecável até o momento com sete vitórias consecutivas fora de casa antes deste clássico, viu finalmente a sua sequência ser interrompida pelos valentes monegascos.

Graças ao sexto jogo consecutivo sem perder em casa, os monegascos ainda estão onze pontos à frente do quinto colocado, o Olympique de Marselha. O próximo duelo, o último antes da pausa internacional, chegará rapidamente, com uma viagem ao Stade Geoffroy Guichard na noite de sexta-feira, contra o Saint-Étienne.


A ficha do jogo:

Ligue 1 Uber Eats – 29ª rodada

AS Monaco 0-0 Lille

AS Monaco: Lecomte – Disasi (Sidibé, 30’/2ºT), Maripán, Badiashile – Aguilar (Fàbregas, ‘/2ºT), Fofana, Tchouameni, Caio Henrique – Volland, Ben Yedder © (Jovetić, 30’/2ºT) , Golovin (Diop, 23’/2ºT).
Treinador: Niko Kovac

Lille: Maignan – Celik, Botman, Fonté ©, Reinildo- Ikoné (Yilmaz, 33’/2ºT), André (Soumaré, 43’/2ºT), Renato Sanches (Xeka, 24’/2ºT), Bamba – David (Yazici, 43’/2ºT), Weah (Luiz Araújo, 24’/2ºT).
Treinador: Christophe Galtier

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.