Fechar
Ligue 1 Uber Eats 23 Janeiro 2021, 14:22

Foco no Olympique de Marselha

Foco no Olympique de Marselha
Os Rouge et Blanc receberão o Olympique de Marselha na noite deste sábado (23), no Stade Louis-II, para a primeira partida em casa da fase de returno do Campeonato Francês

A primeira recepção do segundo turno do campeonato já está aí para o AS Monaco, e será com um clássico. Após ter conseguido sua terceira vitória consecutiva em Montpellier (3-2), os Rouge et Blanc receberão o Olympique de Marselha neste sábado no Stade Louis-II, em nome da 21ª rodada da Ligue 1.

Um concorrente direto pela Europa

O OM é um competidor direto pelos primeiros lugares, como Niko Kovac lembrou na quinta-feira em coletiva de imprensa. Os comandados de André Villas-Boas estão a apenas quatro pontos do clube do Principado, apesar da derrota na quarta-feira para o Lens (1-0), em jogo atrasado da 9ª rodada.

Uma má forma há três jogos

O Olympique de Marselha continua, portanto, a ser um grande competidor pelos lugares europeus, graças a um bom início de temporada. No entanto, os companheiros de equipe de Dimitri Payet têm tido problemas recentemente. Com o revés para o Lens, eles registraram a segunda derrota consecutiva no Stade Vélodrome. E até o lanterna Nîmes chegou a se impor na cidade de Marselha no último fim de semana (2-1). Pior: Steve Mandanda e sua equipe conquistaram apenas uma vitória nos últimos sete jogos da Ligue 1.

Um período de desconfiança

Mas o OM conquistou mais pontos fora de casa do que em casa nesta temporada, com 17 pontos conquistados como visitante, contra 15 no Stade Vélodrome. Além disso, André Villas Boas registrou o reforço de um novo atacante nesta semana, com a chegada do polonês Arkadiusz Milik, vindo do Napoli.

O polonês, que já está inscrito, poderá contar com o apoio de Florian Thauvin na frente. Atualmente, o jovem é o maior goleador de sua equipe, com seis gols. E logicamente será o perigo número 1 para a defesa monegasca liderada por Guillermo Maripán, que falou esta semana ao canal Téléfoot.

Os destaques da coletiva de imprensa do AS Monaco:

Quando uma equipe está com problemas, algumas pessoas podem pensar assim. Mas por outro lado, é possível ver de outra forma. É também uma oportunidade para eles levantarem a cabeça e mostrarem outra cara. Pode ser o melhor momento, assim como o pior, porque eles vão querer dar o melhor de si para seguir em frente.
Niko KovacTreinador do AS Monaco

É verdade que nos damos muito bem com o Kevin e funciona em campo, isso é o principal. Desde que as coisas estejam indo bem com ele e isso permita que a equipe ganhe pontos, estou feliz.
Wissam Ben YedderAtacante do AS Monaco

AS Monaco x Olympique de Marselha em números:

  • 98: Número de confrontos da Ligue 1 contra o Marselha, com 34 vitórias do AS Monaco, 24 empates e 40 derrotas (135 gols marcados, 136 sofridos).
  • 49: Total de confrontos no Stade Louis-II, com registro de 23 vitórias monegascas, 8 empates e 18 derrotas (70 gols marcados, 53 sofridos).
  • 21: O AS Monaco é o quarto colocado na classificação dos times mandantes, com 21 pontos obtidos em 10 jogos.
  • 6-1: Em 27 de agosto de 2017, os Rouge et Blanc assinaram sua maior goleada contra o OM. Nesse dia, Kamil Glik, Fabinho, Djibril Sidibé, Adama Diakabhy e Falcao (dois gols) foram os artilheiros.
  • 7: O OM é uma equipe que traz boas lembranças a Wissam Ben Yedder. O atacante monegasco marcou sete vezes contra o clube em sua carreira na Ligue 1. Apenas o rival Nice sofreu mais gols do camisa 9 do que o Marselha, com nove gols. Ele é o autor de 3 dos últimos 4 gols do AS Monaco contra o Marselha na primeira divisão.
  • 3: O clube do Principado permanece em três jogos da Ligue 1 com três ou mais gols marcados e poderá chegar ao quarto apenas pela segunda vez no século 21, após fevereiro de 2018.
Rise. Risk. Repeat.