Fechar
Interview 08 Agosto 2020, 14:00

Giulian Biancone: "O Cercle Bruges permitiu-me crescer"

Giulian Biancone: "O Cercle Bruges permitiu-me crescer"
Integrado ao elenco de Niko Kovac para a pré-temporada do AS Monaco, Giulian Biancone falou sobre a sua experiência de empréstimo na Bélgica numa entrevista ao Monaco Tribune

Ele começou a jogar futebol aos seis anos no Var, a pouco mais de 120 quilômetros do Stade Louis II. Quando foi ao AS Máximoise, provavelmente estava longe de imaginar que aos 15 anos, depois de crescer no Étoile Football Club Fréjus Saint-Raphaël, chegaria ao centro de formação do AS Monaco. E Giulian Biancone participa hoje da preparação da pré-temporada com o clube do Principado.

O Campeonato Belga ainda é subestimado na França, porque ninguém sabe ao certo o seu nível. Mas existem algumas equipes muito boas, com jogadores muito bons, que muitas vezes acabam na Premier League ou na Bundesliga.
Giulian Biancone

Ele jogou 25 partidas na Jupiler Pro League

Enquanto isso, ele amadureceu na Academia, sob as ordens de Manu Dos Santos e Fred Barilaro em particular. Mas também teve uma experiência muito enriquecedora no Cercle Bruges na temporada passada, após ter experimentado algumas partidas com os profissionais em 2018. “Tive uma boa temporada no Cercle Bruges, dentro de um clube estruturado, com boas infraestrutura, e que me permitiu ter uma sequência de jogos e progredir”, disse o jovem zagueiro monegasco (20 anos), em entrevista ao Monaco Tribune esta semana.

Profissional desde julho de 2019 no AS Monaco, o defensor até afirma que ficou surpreso com o nível de jogo na Jupiler Pro League. “O Campeonato Belga ainda é subestimado na França, porque ninguém sabe ao certo o seu nível. Mas há times muito bons, com jogadores muito bons, que muitas vezes acabam na Premier League ou na Bundesliga. Também podemos ver isso com a seleção nacional, cuja maioria dos jogadores são da Jupiler Pro League”, explica o jogador que disputou 25 partidas (um gol e três assistências) e que teve papel fundamental na manutenção do clube na elite.

Ele disputou a Euro Sub-19 com Badiashile, Marcelin e Isidor

“Como lateral-direito, estive na marcação de todos os pontas-esquerdas do campeonato, que muitas vezes são jogadores rápidos e tecnicamente fortes. Quando cheguei, fui surpreendido”, continua o jovem, convencido de ter cruzado um limiar longe de suas bases. Com esta experiência, o francês sub-19 (sete partidas), que participou da última Euro da categoria ao lado dos seus companheiros Benoît Badiashile, Harisson Marcelin e Wilson Isidor, quer agora confirmar-se no AS Monaco.

“Estou muito feliz por voltar aos profissionais. É uma verdadeira satisfação encontrar alguns dos meus companheiros de equipe com quem trabalhei no centro de formação há dois anos.” Depois de participar do estágio na Polônia na semana passada, Giulian Biancone continua a preparação com o grupo de Niko Kovac em La Turbie. Para conferir a entrevista completa, clique aqui.

 

 

Giulian Biancone
1 / 11
AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.