Fechar
Ligue 1 Conforama 06 Janeiro 2021, 22:41

Goleada do AS Monaco na Bretanha

Goleada do AS Monaco na Bretanha
O AS Monaco começa o ano de 2021 com uma vitória sobre o FC Lorient (2-5). A entrada em campo de Aleksandr Golovin marcou a vitória no segundo tempo

Este Lorient x Monaco foi precedido por um momento de emoção com uma homenagem a Yohann Essirard, jardineiro voluntário do clube, que faleceu em 20 de dezembro após o confronto contra o Rennes. Os dois capitães de cada equipe trouxeram assim uma coroa de flores em sua memória antes do aquecimento.

Desde o início da partida, os Lorientais marcaram sob pressão, mas foram os homens de Niko Kovac que abriram o marcador por intermédio de Axel Disasi. Na sequência de um escanteio cobrado por Ruben Aguilar, Kevin Volland desviou na primeira trave. A bola voltou para Disasi, que aproveita uma bobeira do goleiro adversário para empurrar ao fundo da rede (6’/1ºT, 1-0).

Um primeiro tempo equilibrado

O Lorient criou algumas oportunidades. No entanto, mais uma vez após cobrança de escanteio, Aurélien Tchouameni esteve perto de fazer mais um, mas infelizmente sua cabeçada passou por cima do gol de Paul Nardi (14’/1ºT). Os donos da casa não relaxaram e responderam com um chute de longe de Thomas Monconduit, ao qual Vito Mannone se mostrou atento (21’/1ºT).

Passada a meia hora de jogo, Terem Moffi passou pela defesa monegasca e mandou um belo chute para empatar a partida (32’/1ºT, 1-1).  Os bretões se inspiraram e criaram várias jogadas, mas as duas equipes foram ao intervalo com um empate.

Aleksandr Golovin, como um símbolo

Ao retornar dos vestiários, Sofiane Diop e Guillermo Maripan substituíram Willem Geubbels e Axel Disasi. Jonathan Delaplace foi expulso assim que o árbitro retomou a partida, após puxar a camisa de Gelson Martins, que partia em direção ao gol (4’/2ºT). Então, vimos o ponto de virada da partida. Os monegascos logicamente tiravam vantagem de sua superioridade numérica para se estabelecerem no campo adversário. Gelson Martins errou o alvo após um magnífico passe de Yoane Wissa (18’/2ºT), mas conseguiu um escanteio.

Foi quando Aleksandr Golovin entrou em campo. O escanteio foi cobrado pela esquerda. O russo foi servido fora da área e bateu com categoria para marcar um golaço (19’/2ºT, 2-1). Em sua primeira bola e após apenas quatro segundos de jogo, o camisa 17 iluminou o Moustoir com seu talento. Ele também assinou o primeiro gol do AS Monaco fora da área nesta temporada.

Dúvida e libertação

Pensamos que a equipe de Niko Kovac havia garantido a vitória, mas o Lorient reagiu alguns instantes depois. Andreaw Gravillon aproveitou uma cobrança de falta rebatida por Vito Mannone e chutou para o gol vazio, para dar esperança aos bretões no final da partida (22’/2ºT, 2-2). Mas na sequência, Guilermo Maripan deu um passe da sua metade do campo à área do Lorient e encontrou Kevin Volland, que concluiu de cabeça (24’/2ºT, 3-2). Com três gols em cinco minutos, o jogo estava quente!.

Mas não acabou, e o artilheiro virou garçom após uma subida de Sofiane Diop. O trio formado por esses dois e Aleksandr Golovin deu dores de cabeça ao Lorient no final da partida. O russo serviu Kevin Volland, que devolveu de cabeça para o jovem meio-campista finalizar com agressividade (33’/2ºT, 4-2), anotando o seu quinto gol na temporada.

Um grande final de jogo

Mas outro jogador que começou no banco também marcou seu gol. Guillermo Maripan, na origem do gol de Kevin Volland, desviou para fechar a noite monegasca com esta vitória por 5 a 2. O AS Monaco consegue uma boa subida na classificação e assina sua terceira partida de invencibilidade.

A ficha do jogo:

Ligue 1 Uber Eats – 18ª rodada
FC Lorient 2 – 5 AS Monaco

Gols: Moffi (31’/1ºT), Gravillon (22’/2ºT) para o Lorient; Disasi (9’/1ºT), Golovin (19’/2ºT), Volland (23’/2ºT) e Maripan (44’/2ºT) para o AS Monaco

Expulsão: Delaplace (3’/2ºT) para o Lorient

FC Lorient: Nardi – Gravillon, Morel ©, Delaplace, Le Goff – Abergel (Hergault, 38’/2ºT), Boisgard, Monconduit – Moffi (Grbic, 28’/2ºT), Wissa (Marveaux, 39’/2ºT), Laurienté (Le Fée, 39’/2ºT).

Treinador: Christophe Pelissier

AS Monaco: Mannone – Aguilar (Caio Henrique, 37’/2ºT), Disasi (Maripan, 1’/2ºT), Badiashile, Sidibé – Geubbels (Diop, 1’/2ºT), Fofana, Tchouameni, Gelson Martins (Golovin, 19’/2ºT) – Ben Yedder © (Jovetić, 28’/2ºT), Volland.

Treinador: Niko Kovac

MAS DE FATO, PARA QUE SEUS COOKIES SÃO USADOS? 🤔

Você os aceita várias vezes por dia nos vários sites que visita. Mas o que você sabe sobre eles? Obviamente, os cookies não são comidos e também não são perigosos. Eles apenas nos ajudam a personalizar sua experiência na Internet. Quando você visita o asmonaco.com, eles nos permitem primeiro analisar o público e o desempenho do site. E eles nos servem principalmente para fornecer a você anúncios e conteúdo que correspondem ao que você gosta. Observe que você pode alterar suas preferências a qualquer momento, graças aos regulamentos sobre proteção de dados pessoais. Ou entre em contato com nossa equipe para qualquer esclarecimento. Obrigado por sua confiança!

Cookies strictement nécessaires
Cookies statistiques
Cookies tiers