Fechar
Ligue 1 Conforama 25 Agosto 2019, 17:36

Irritante!

Irritante!
Cenário cruel para os homens de Leonardo Jardim contra o Nîmes. Após liderar por 2 a 0 no intervalo, eles viram o Nîmes retornar ao jogo. A expulsão bastante severa de Jemerson pesou bastante no resultado

Neste segundo jogo em casa na temporada, Leonardo Jardim armou a equipe em um ofensivo 4-4-2. Na frente, a dupla Ben Yedder e Slimani era apoiada por Onyekuru e Martins nas pontas, enquanto Adrien Silva e Golovin ficavam pelo meio. Na defesa, Jemerson substituiu Aguilar, suspenso após sua expulsão contra o Metz. O início do jogo foi fechado entre as duas equipes. Após um primeiro quarto de hora de observação, Philippoteaux penetrou na defesa monegasca e criou a primeira oportunidade dos visitantes em um chute cruzado (16’/1ºT). Apesar desse alerta, os Rouge et Blanc tomaram a liderança do jogo, com Golovin bastante participativo e arriscando um chute de direita, defendido por Bernardoni (19’/1ºT).

Slimani e Ben Yedder balançam as redes

Após uma jogada magnífica orquestrada por Ben Yedder, este lançou Onyekuru, que bateu de esquerda, mas a bola foi para fora. Na sequência, os Crocos responderam com Phillipoteaux acertando a trave (30’/1ºT). Depois, Gelson foi lançado por Slimani, driblou o zagueiro e o goleiro antes de procurar Ben Yedder, que viu seu chute ser desviado  por Landre em cima da linha (33’/1ºT)! Finalmente, foi Slimani quem abriu o placar aos 39 minutos, em sua primeira oportunidade. Em grande jogada de Golovin, que lançou Onyekuru, o atacante nigeriano tocou para Slimani, que passou pela defesa e bateu cruzado contra Bernardoni (40’/1ºT). Impulsionados pelo gol, os Rouge et Blanc aumentaram com Ben Yedder pouco antes do intervalo. Mais uma vez, Golovin e Ben Yedder tabelaram. O francês encontrou Martins na marca do pênalti, mas Bernardoni espalmou a bola, que Ben Yedder aproveitou para pegar o rebote e marcar o seu primeiro gol com a camisa monegasca.

1 / 9

Jemerson severamente expulso

No intervalo, o AS Monaco liderava por 2 a 0 e podia vislumbrar sua primeira vitória na temporada. No entanto, uma decisão do árbitro Delerue mudou tudo. Aos 8 minutos do segundo tempo, Jemerson derrubou Philippoteaux pelo lado e recebeu um amarelo, mas Delerue consultou o VAR e decidiu expulsar o zagueiro brasileiro diante de um público incrédulo. A falta não parecia ser para mais do que um amarelo… Pela terceira vez em três jogos, o AS Monaco foi fortemente sancionado, enquanto o Nîmes esperou para desfrutar de sua superioridade numérica. Ferhat esteve muito próximo de diminuir, mas Lecomte fez grande defesa com reflexo para afastar o perigo. Mas ele não pôde fazer nada diante de Philippoteaux, que bateu de primeira após cruzamento vindo da direita aos 25 minutos.

Desfecho cruel

Desestabilizados, os Rouge et Blanc assumiram o comando e partiram para o ataque no último quarto de hora, mesmo que Ben Yedder tivesse que ser “sacrificado” nessas circunstâncias e substituído por Dias no final da partida. Um Dias que entrou muito bem, mas perdeu a bola do jogo aos 30′ ao chutar para fora. E ao final, Denkey – que havia acabado de entrar em campo – empatou o duelo, aos 36′. Irritante para os monegascos, que dominaram a partida. Decepcionados com a virada dos acontecimentos, Glik e seus companheiros não desistiram e ainda mantiveram o ponto do empate em um jogo inevitavelmente frustrante. A próxima partida será no domingo (1º), fora de casa contra o Strasbourg, pela quarta rodada da Ligue 1.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.