Fechar
Ligue 1 Conforama 08 Novembro 2020, 19:09

A Costa Azul é vermelha e branca!

A Costa Azul é vermelha e branca!
O AS Monaco venceu o 99º derby da Côte d'Azur, dominando o OGC Nice no Allianz Riviera (2-1), após uma partida heroica dos Rouge et Blanc de Niko Kovac

Para este 99º derby da história entre OGC Nice e AS Monaco, Niko Kovac decidiu repetir o time titular vitorioso diante do Girondins de Bordeaux no último fim de semana (4-0). A única mudança notável era a presença do goleiro italiano Vito Mannone em sua estreia na Ligue 1, após a perda de Benjamin Lecomte, que sofreu uma fratura no quarto metatarso da mão direita durante o treinamento. Assim, foi com o mesmo 4-4-2 que os Rouge et Blanc iniciaram o jogo.

Um derby que começou com uma arrancada de Kevin Volland logo aos 3 minutos de jogo. O alemão passou pela marcação e mandou uma bomba no travessão de Walter Benítez , visivelmente batido. No final da jogada, Wissam Ben Yedder pegou a sobra e tentou a sorte também da esquerda. A bola, desviada por um zagueiro do OGCN, desta vez terminou na trave esquerda do goleiro argentino.

Uma grande pressão finalmente recompensada

Kevin Volland, novamente ele, apareceu aos 9 minutos, quando Sofiane Diop o lançou pelo meio. O atacante deslocou-se para a direita e bateu rasteiro, mas o goleiro do Nice fez ótima defesa, assim como no chute de Youssouf Fofana da entrada da área e no duelo cara a cara com Wissam Ben Yedder (11’/1ºT). O AS Monaco pressionava, mas ainda não conseguia abrir o placar.

Após um início de pressão monegasca, tivemos alguns minutos de observação entre as duas equipes. Até o escanteio cobrado por Youssouf Fofana, que Axel Disasi cabeceou de forma perfeita, subindo mais do que todo mundo (0-1, 23’/1ºT). O zagueiro monegasco marcou seu segundo gol na temporada, um gol que veio acima de tudo para premiar o domínio dos visitantes.

Quase o segundo gol antes do intervalo

Um domínio que esteve perto de dar ao AS Monaco dois gols antes do intervalo, mas Sofiane Diop não conseguiu balançar a rede (36’/1ºT). Pouco antes, Kasper Dolberg havia tentado o primeiro chute do OGC Nice. Os jogadores de Niko Kovac mantiveram um alto nível de pressão, o que permitiu a Wissam Ben Yedder lançar Gelson Martins desta vez. Perseguido pelo defesa e atrapalhado pela saída furtiva de Walter Benitez, o português não conseguiu finalizar bem (41’/1ºT). Apesar de tudo, os monegascos regressaram ao vestiário com um gol de vantagem.

Uma vantagem que se manteve no início do segundo período, apesar de um primeiro alerta com o remate de Jeff Reine-Adelaide, que Vito Mannone defendeu sem problemas (6’/2ºT). Um momento oportuno para Sofiane Diop interceptar uma má saída de bola do Nice e ir sozinho ao gol para deslizar a bola entre as pernas de Walter Benítez (0-2, 8’/2ºT).

Um final de jogo de tirar o fôlego

O OGC Nice, atordoado, esteve prestes a levar mais um com um remate contundente de Wissam Ben Yedder, que passou por cima da trave de Walter Benítez (20’/2ºT). Infelizmente para os monegascos, Pierre Lees-Melou, atento a um remate de Lotomba espalmado por Vito Mannone, reduziu a diferença ao pressionar Axel Disasi (1-2, 24’/2ºT). Um golpe duro para os Rouge et Blanc, que estavam bem no jogo até o momento.

E o AS Monaco não esteve longe do terceiro gol. Bem servido por Wissam Ben Yedder, Willem Geubbels chutou cruzado na trave direita de Walter Benítez, novamente batido (38’/2ºT). O final do jogo foi de tirar o fôlego neste 99º derby ao qual não faltou ritmo. A tensão chegou ao auge quando o quarto árbitro anunciou quatro minutos de acréscimos.

Com o pódio na mira

Com esses três pontos, os monegascos conquistaram o 6º lugar, apenas dois pontos atrás do segundo colocado. O próximo duelo será importante, dentro de casa contra o Paris Saint-Germain, pela 11ª rodada da Ligue 1.

Daghe Munegu!



A ficha do jogo:

Ligue 1 Uber Eats – 10ª rodada
OGC Nice 1-2 AS Monaco

Gols: Pierre Lees-Melou (24’/2ºT) para o OGC Nice; Axel Disasi (23’/1ºT) e Sofiane Diop (8’/2ºT) para o AS Monaco

OGC Nice: Benítez – Boudaoui (Claude-Maurice, 22’/2ºT), Bambu, Schneiderlin, Nsoki (Ndoye, , Lotomba – Thuram (Pelmard, 1’/2ºT), Lees-Melou – Reine-Adélaïde (Maolida, 22’/2ºT), Dolberg (Lopes, 22’/2ºT), Gouiri.
Treinador: Patrick Vieira

AS Monaco: Lecomte – Aguilar, Disasi, Badiashile, Caio Henrique – Diop (Geubbels, 28’/2ºT), Tchouameni, Fofana, Gelson Martins (Sidibé, 40’/2ºT) – Volland (Florentino Luís, 34’/2ºT), Ben Yedder © (Pellegri, 40’/2ºT).
Treinador: Niko Kovac

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.