Fechar
Préparation 14 Agosto 2020, 15:30

O AS Monaco contra equipes holandesas

O AS Monaco contra equipes holandesas
Na véspera da viagem a Alkmaar, vamos relembrar os últimos três jogos oficiais do AS Monaco diante de equipas holandesas

O AS Monaco jogará neste sábado no gramado do Alkmaar a sua última partida de preparação, antes da retomada do Campeonato Francês contra o Reims, no dia 23 de agosto, no Stade Louis II. Esta viagem à Holanda será uma oportunidade para relembrar os últimos jogos oficiais do clube contra times holandeses.

2003-2004 (Liga dos Campeões): Contra o PSV, o primeiro jogo de uma longa história

Escalação (jogo de ida): Roma, Squillaci, Rodriguez, Evra, Givet, Zikos, Bernardi, Cissé, Rothen, Giuly, Morientes
Escalação (jogo de volta): Roma, Squillaci, Rodriguez, Evra, Givet, Zikos, Giuly, Rothen, Bernardi, Prso, Morientes

O AS Monaco iniciava sua campanha europeia em 17 de setembro de 2003 no Philips Stadion, em Eindhoven. Os jogadores de Didier Deschamps ainda não sabiam, mas este jogo marcaria o início da sua formidável jornada até a final. Fernando Morientes de cabeça e depois Edouard Cissé com o pé direito lançaram com perfeição a campanha europeia dos Rouge et Blanc. A redução no placar de Wilfred Bouma não mudou nada, e o AS Monaco venceu por 2 a 1. No jogo de volta, ainda na fase de grupos, Jan Vennegoor of Hesselink respondeu a Fernando Morientes e as duas equipes ficaram no empate (1 a 1).

2004-2005 (Liga dos Campeões): Fim de um sonho para o AS Monaco

Escalação (jogo de ida): Roma, Givet, Rodriguez, Evra, Maicon, Zikos, Plasil, Bernardi, Saviola, Kallon, Adebayor
Escalação (jogo de volta): Roma, Givet, Rodriguez, Evra, Maicon, Zikos, Plasil, Bernardi, Saviola, Kallon, Chevanton

Um ano depois, Didier Deschamps continuava lá, mas os jogadores à sua disposição mudaram muito. Ludovic Giuly partiu para o Barcelona, ​​Fernando Morientes regressou ao Real Madrid, Edouard Cissé foi ao PSG e Jérôme Rothen também partiu para o clube da capital. Era uma equipe que misturava novos e antigos jogadores e que conseguiu passar por um grupo constituído por Liverpool, Olympiakos e La Coruña. Nas oitavas de final da Liga dos Campeões, os jogadores do Principado receberam o PSV Eindhoven e perderam por 1 a 0 na ida com um gol de cabeça do zagueiro brasileiro Alex. Na volta, o clube holandês venceu por 2 a 0 e passou para a próxima fase.

2005-2006 (Copa da UEFA): Uma classificação para a fase de grupos

Escalação (jogo de ida): Warmuz, Evra, Maicon, Squillaci, Modesto, Bernardi, Kapo, Meriem, Sorlin, Zikos, Adebayor
Escalação (jogo de volta): Warmuz, Evra, Givet, Maicon, Squillaci, Bernardi, Kapo, Meriem, Perez, Zikos, Adebayor

Terceiro colocado na Ligue 1 em 2004-2005, o AS Monaco teve a oportunidade de disputar a Liga dos Campeões mais uma vez, mas perdeu seu primeiro jogo europeu da temporada contra o Betis. Após esta derrota nos play-offs da Champions, os monegascos deviam derrotar o Willem-II para irem à Copa da UEFA. No jogo de ida, os jogadores de Didier Deschamps venceram por 2 a 0 graças a Olivier Kapo e Emmanuel Adebayor. Os Rouge et Blanc conseguiram então uma bela vantagem, que foi confirmada no jogo de volta. Jean Petit assumiu interinamente no banco de reservas com sucesso: o AS Monaco retornou da Holanda com uma vitória por 3 a 1 (gols de Maicon, Emmanuel Adebayor e Javier Chevanton), classificando-se para o torneio.


O AS Monaco diante de clubes holandeses:

10 jogos, com um total de 5 vitórias, 3 empates e 2 derrotas.

2 jogos diante do Roda JC, 2 contra o Willem-II, 2 contra o Feyenoord e 4 contra o PSV Eindhoven.

O país que o clube mais enfrentou, após França, Alemanha, Espanha, Inglaterra, Itália e Grécia.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.