Fechar
Ligue 1 Conforama 18 Setembro 2022, 15:58

O AS Monaco consegue uma grande vitória em Reims

O AS Monaco consegue uma grande vitória em Reims
Graças aos gols no segundo tempo de Aleksandr Golovin, Takumi Minamino e Wissam Ben Yedder, os Rouge et Blanc venceram em Reims (3-0) e garantiram o terceiro triunfo consecutivo na Ligue 1

Grande vitória (3-0) para o AS Monaco no gramado do Reims, em nome da 8ª rodada da Ligue 1. No início deste duelo, Philippe Clement optou pelo retorno do 4-4-2, com uma dupla de ataque liderada por Wissam Ben Yedder e Breel Embolo. Autor de uma entrada muito boa contra o Ferencváros, Maghnes Akliouche também foi titular pela primeira vez na Ligue 1.

A torcida compareceu

Sob os olhares de mais de 700 torcedores monegascos presentes em Delaune, foram os Rémois que criaram a primeira situação com Arbër Zeneli, mas seu chute foi defendido por um tranquilo Alexander Nübel (4º). A reação foi imediata com Caio Henrique, autor de uma tentativa para fora (6′), ao final de uma boa jogada liderada por Maghnes Akliouche.

O jogo ganhou vida pouco depois do vigésimo minuto com uma grande oportunidade para os Rouge et Blanc. Lançado por Youssouf Fofana na parte de trás da defesa, Breel Embolo perdeu primeiro o duelo contra Yehvann Diouf. Ele ainda conseguiu recuperar a bola e tocar para Wissam Ben Yedder, que novamente parou no goleiro do Reims, autor de uma defesa excepcional (21′).

Os Rouge et Blanc em superioridade numérica

Na sequência, o zagueiro Banzouzi Locko foi expulso por Marc Bollengier, considerado culpado de uma solada no atacante suíço do AS Monaco (22′). Em superioridade numérica, os homens de Philippe Clement pressionaram e na cobrança de falta seguinte, Aleksandr Golovin cruzou forte na frente do gol, mas ninguém conseguiu empurrar a bola para o fundo da rede (25′).

Grandemente dominadores, os Rouge et Blanc também puderam contar com a vigilância de Alexander Nübel, que defendeu um chute de longe de Marshall Munetsi (34′). Como nos jogos anteriores disputados pelo AS Monaco, o placar permaneceu sem gols ao intervalo.

Passe de Disasi e gol de Golovin

Mas não demorou muito para o zero sair do placar no segundo tempo, pois os monegascos foram recompensados ​​por seus esforços através de Aleksandr Golovin. Em um passe de Axel Disasi na segunda trave, o meio-campista cabeceou e abriu o placar (47′). Seu primeiro gol nesta temporada e a terceira assistência do francês em seu 100º jogo na Ligue 1.

Entrando no intervalo, Mohamed Camara colocou-se no centro das atenções alguns minutos depois com um chute colocado, afastado por Yehvann Diouf (53′). Muito pouco perigoso, exceto em um lance de bola parada, o Stade de Reims, no entanto, acreditou ter empatado com Folarin Balogun, mas o lance acabou sendo assinalado impedimento (61′).

Taki e Wissam abrem seu contador de gols

Perante um Reims ofensivo no final do jogo, os Rouge et Blanc beneficiaram assim de grandes espaços. Foi assim que, servido em profundidade por Breel Embolo, Takumi Minamino venceu seu duelo cara a cara com o goleiro para marcar seu primeiro gol com o AS Monaco (87′). Primeiro artilheiro, o japonês se transformou em garçom depois para Wissam Ben Yedder, que bateu de canhota no cantinho do goleiro (90′).

Assim, o AS Monaco venceu por 3-0 e garantiu o terceiro triunfo consecutivo no campeonato sem sofrer gols, depois das vitória sobre Nice e Lyon. Agora é hora da pausa internacional antes do retorno da Ligue 1 em duas semanas, com a recepção do Nantes no Stade Louis-II. Bom trabalho pessoal! 👏


A ficha do jogo:

Ligue 1 – 8ª rodada

Stade de Reims 0-3 AS Monaco

Gols: Golovin (47′), Minamino (87′), Ben Yedder (90′)

Cartões amarelos: Busi (19′), Garcia (24′), Munetsi (38′), Lopy (45′) para o Stade de Reims; Matazo (42′), Akliouche (50′), Nübel (84′) para o AS Monaco

Cartão vermelho: Locko (22′) para o Stade de Reims

Stade de Reims: Diouf – Gravillon, Agbadou, Abdelhamid © – Busi (Cajuste, 54′), Munetsi, Lopy, Locko – Zeneli (Diakité, 46′, Holm, 83′) – Ito, Balogun

Reservas: Penneteau, Pentz, Diakité, Keita, Adeline, Cajuste, Doumbia, Mbuku, Holm

Treinador: Oscar Garcia

AS Monaco: Nubel – Aguilar (Vanderson, 11′), Disasi, Badiashile, C. Henrique – Akliouche (Gelson Martins, 66′), Matazo (Camara, 46′), Fofana, Golovin (Minamino, 65′) – Ben Yedder ©, Embolo

Reservas: Didillon, Sarr, Vanderson, Camara, Diatta, Gelson Martins, Jean Lucas, Boadu, Minamino 

Treinador: Philippe Clement

Rise. Risk. Repeat.

MAS DE FATO, PARA QUE SEUS COOKIES SÃO USADOS? 🤔

Você os aceita várias vezes por dia nos vários sites que visita. Mas o que você sabe sobre eles? Obviamente, os cookies não são comidos e também não são perigosos. Eles apenas nos ajudam a personalizar sua experiência na Internet. Quando você visita o asmonaco.com, eles nos permitem primeiro analisar o público e o desempenho do site. E eles nos servem principalmente para fornecer a você anúncios e conteúdo que correspondem ao que você gosta. Observe que você pode alterar suas preferências a qualquer momento, graças aos regulamentos sobre proteção de dados pessoais. Ou entre em contato com nossa equipe para qualquer esclarecimento. Obrigado por sua confiança!

Cookies strictement nécessaires
Cookies statistiques
Cookies tiers