Fechar
Ligue 1 Conforama 17 Setembro 2020, 15:16

Niko Kovac: "Estamos em um bom momento"

Niko Kovac: "Estamos em um bom momento"
Dois dias antes do duelo em Rennes, válido pela 4ª rodada da Ligue 1 Uber Eats, o técnico monegasco apareceu em coletiva de imprensa

Ele finalmente voltou ao campo de treinamento de La Turbie e à rotina diária com seu time esta semana. Niko Kovac, que conseguiu sentar-se no banco para o jogo contra o Nantes no Stade Louis-II (vitória por 2-1), depois de observar quinze dias a partir do seu quarto de hotel, foi novamente capaz de assumir o comando das sessões. Agora focado no jogo em Rennes marcado para este sábado (19) no Roazhon Park, o treinador Rouge et Blanc aproveitou para fazer um balanço do início de temporada da sua equipe.

Este jogo de contra o Rennes não será muito cedo na temporada?

Não, acho que estamos felizes em jogar esse tipo de jogo. Pode ser um adversário de nível superior, mas é uma partida interessante, contra uma equipe que tem tido um bom desempenho nos últimos tempos. Acho que nossos jogadores estão prontos e vão poder competir nesse duelo.

Você ainda está invicto. Qual a sua impressão sobre a equipe?

Acho que podemos melhorar em muitas áreas, mas estamos no caminho certo. Temos a mentalidade correta. Acho que podemos progredir taticamente. Estamos em um bom momento, como disse desde o início são necessários dois meses para colocar a equipe no ritmo e uma boa meia temporada para assimilar esta nova forma de trabalhar.

Você pode nos fazer uma atualização médica?

Benjamin Lecomte se juntou ao elenco nos treinamentos. Se ele estiver bem amanhã, começará o jogo no sábado. Em relação a Aleksandr é diferente, vamos ver quanto tempo ele demora a se recuperar. É preciso esperar. Em relação ao Djibril, ele foi desfalque na última partida, mas treinou normalmente esta semana, então acho que estará disponível.

Wissam Ben Yedder está frustrado por não marcar?

Embora ele ainda não tenha marcado, acho que não devemos falar sobre frustração, mas mais de decepção. Porém, acho que ele criou muitas chances de gol nos primeiros duelos, acertou a trave duas vezes, marcou para nós na preparação e também foi decisivo para a seleção francesa. Não me preocupo com ele, com certeza ele marcará nas próximas partidas.

Você persistirá em seu sistema de jogo no 4-3-3?

O que eu já gosto é que todo mundo quer jogar. Estou feliz por ter uma equipe tão rica. Nas últimas partidas, os jogadores que entraram fizeram a diferença, mostraram que queriam jogar. Quanto ao sistema, não quero mudar o que está funcionando, embora ache que ainda temos que melhorar defensivamente e ofensivamente, mas continuarei com o 4-3-3.

Você acha que Cesc Fàbregas pode ajudar mais a equipe com o tempo, como fez contra o Nantes?

Acho que sim. Na coletiva de imprensa pós-jogo, disse que ele fez uma ótima partida com o Sofiane. Ele é um jogador de classe mundial e de alta qualidade. Não sei o que aconteceu com ele aqui no passado, mas acho que os jovens jogadores podem aprender muito com um jogador de alto nível como ele. Nas últimas temporadas ele teve muitas lesões, então talvez seja por isso que não teve o desempenho que esperava. Mas claramente é uma grande vantagem ter um jogador assim conosco.

Cesc Fàbregas pode suportar a intensidade física do Rennes?

Sim. Fizemos testes físicos com os jogadores, e ele é um dos primeiros nesse ponto, mesmo que pareça estranho para vocês. Ele tem um físico de alto nível, e fez uma ótima partida contra o Nantes, apesar do calor. Quando temos a bola, precisamos dele. Mas também temos outros jogadores capazes de causar impacto no coração do jogo: Aurélien e Sofiane fizeram um excelente trabalho a este nível no domingo passado e Youssouf também está de volta para nos ajudar neste setor.

Você acha que a Covid-19 nivela o equilíbrio de forças entre as equipes da Ligue 1?

Acho que está muito difícil de dominar, embora seja algo a se levar em conta, como cartões vermelhos. Fazemos o nosso melhor para estar realmente atentos a isso. Na balança de poder, acho que mesmo com a situação atual, o Paris Saint-Germain continua sendo o melhor time da Ligue 1. Eles já mostraram isso, estão apenas quatro pontos atrás dos líderes, então não creio que caiam de nível e tenho até certeza de que irão rapidamente retomar um ritmo muito importante.

O que você acha de Eduardo Camavinga?

Ele é um grande talento, com grande potencial. Se continuar sua progressão conforme avança gradualmente pelas fases e não tiver problemas com lesões, será um grande jogador. Espero que nossos jogadores consigam reduzir seu impacto no jogo de sábado.

Você vê um nível mais claro dos objetivos da temporada?

Como já disse, queremos trazer o AS Monaco de volta ao seu lugar, no topo da tabela. E como você lembrou são muitos os fatores que entram em jogo, cartões vermelhos, Coronavírus, lesões… Mas não é falando que vamos atingir nossos objetivos, mas trabalhando.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.