Fechar
Ligue 1 Conforama 28 Novembro 2020, 00:32

Niko Kovac: "O Nîmes é uma equipe forte fora de casa"

Niko Kovac: "O Nîmes é uma equipe forte fora de casa"
Dois dias antes de receber o Nîmes Olympique no Stade Louis-II (15h00 - portões fechados), o treinador do AS Monaco conversou com a imprensa sobre a semana de trabalho.

Vamos continuar aproveitando a atual onda de vitórias. Este é o objetivo do AS Monaco, dois dias antes de receber o Nîmes Olympique no Stade Louis-II (15h00, à porta fechada). Com a vitória sobre o Paris Saint-Germain no último fim de semana, os Rouge et Blanc contam com três vitórias consecutivas, uma de distância para a melhor série desde a temporada 2016-2017. Foi dada a oportunidade a Niko Kovac, que concedeu conferência de imprensa pré-jogo, de relembrar que o Nîmes vai ser um difícil adversário para este jogo.

Como foi o trabalho esta semana após a vitória sobre o PSG?

Depois da nossa grande vitória contra o Paris Saint-Germain, obviamente todos comemoraram, foi bem eufórico. Já no dia seguinte disse aos meus jogadores que foi uma boa vitória, uma exibição muito boa, mas pedi que se concentrassem no próximo jogo, nesta visita do Nîmes. Precisamos estar focados neste novo desafio, especialmente porque todos esperam uma vitória fácil para o AS Monaco. Então, expliquei aos meus jogadores que devemos estar ainda mais focados durante o jogo.

Especialmente porque você está recebendo Wissam Ben Yedder e Ruben Aguilar de volta…

Estou feliz por ter meus jogadores de volta após esta pausa internacional. Wissam treinou conosco, tenho que falar com o chefe médico, mas ele estará conosco. Estou feliz por Ruben porque ele jogou pela seleção nacional e eu disse a ele que, se ele repetisse aquelas atuações conosco, tudo seria possível em seu futuro. Para isso, ele deve continuar seu progresso com o clube.

O que você teme nesta equipe do Nîmes?

Os resultados do Nîmes nos últimos cinco jogos fora de casa são muito bons. Eles empataram em Lyon e venceram em Montpellier e Reims, com todas as partidas sem sofrer gols. Assim, esperamos uma equipe agressiva que defenda por 90 minutos, que colocará muita intensidade. Temos que continuar jogando como estamos fazendo agora e ter cuidado para não ficarmos vulneráveis Niko Kovac: “O Nîmes é uma equipa forte fora de casa”atrás.

Caio Henrique está melhorando dia após dia, treina muito e mudou o jogo contra o PSG. Ele está na seleção olímpica brasileira, isso é bom para o futuro. Enfim, um brasileiro com uma bola é sempre maravilhoso de assistir (sorriso). Temos um grande jogador com o Caio para o futuro, com certeza.
Niko Kovac Treinador do AS Monaco

Você acha a imprensa francesa difícil com treinadores estrangeiros?

Só estou aqui há quatro meses, então não posso me expressar muito sobre isso. Se há colegas (André Villas-Boas e Thomas Tuchel, nota do editor) que se queixam disso, acho que devem ter motivos para pensar assim. Em qualquer caso, é um direito e deve ser respeitado.

O que você pode nos contar sobre a situação do Cesc Fàbregas?

Estamos tentando administrar essa situação. Conhecemos suas qualidades, seu passado. Mas também sei que só podemos jogar com onze jogadores e é sempre difícil fazer escolhas. É verdade que mudando o sistema e jogando com Aurélien e Youssouf no meio nesse esquema de dois meias centrais, fica difícil encontrar um lugar. Como no ataque, onde temos Wissam e Kévin que estão bem adaptados. Como treinador, sempre tenho que ter uma solução B se A não funcionar. De qualquer forma, ele é um ótimo profissional e uma boa pessoa. Ele sempre esteve lá quando eu precisei.

Uma palavra sobre Caio Henrique, que teve uma grande aparição contra o Paris …

Estou muito satisfeito com a atuação do Caio. Ele parou de jogar em março por causa do Covid. Por isso, ficou seis meses sem jogar e teve tempo de voltar ao topo de sua forma física, pois sofreu uma lesão em Nice durante o amistoso. Ele está melhorando dia após dia, treina muito e mudou o jogo contra o PSG. Ele está na seleção olímpica brasileira, isso é bom para o futuro. Enfim, um brasileiro com uma bola é sempre maravilhoso de assistir (sorriso). Temos um grande jogador com o Caio para o futuro, com certeza.

Fui meio-campista durante minha carreira, e nesta posição somos os responsáveis ​​pela organização do jogo. Acho que há muitos ex-meio-campistas que se tornaram técnicos e acho que certamente me ajudou a ser um. Muitas vezes tive a particularidade de ser o “treinador em campo” das minhas várias equipes.
Niko Kovac Treinador do AS Monaco

Que lembranças você tem de Diego Maradona, que faleceu esta semana?

Assisti à Copa do Mundo de 1986 pela televisão. É difícil ter palavras, foi fantástico vê-lo trabalhando. O melhor de todos os tempos, talvez. Obviamente, estamos muito tristes em ouvir essa notícia.

O papel de treinador era óbvio no final da sua carreira de jogador?

Fui meio-campista durante minha carreira, e nesta posição somos os responsáveis ​​pela organização do jogo. Acho que há muitos ex-meio-campistas que se tornaram técnicos e acho que certamente me ajudou a ser um. Muitas vezes tive a particularidade de ser o “treinador em campo” das minhas várias equipes. O atacante está sempre focado no gol, o goleiro em defender seu gol, então é verdade que o meio-campo deve facilitar os dois.

Quais treinadores o inspiraram durante sua carreira?

Todos os treinadores com quem trabalhei foram fantásticos, honestamente. Aprendi com todos, e mesmo quando você discorda de um de seus treinadores, você também aprende, analisa e entende quais são os pontos de discordância. Tem sido muito enriquecedor.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.