Fechar
Meios 05 Abril 2021, 22:46

Niko Kovac: "Só perdi uma partida da Copa da Alemanha"

Niko Kovac: "Só perdi uma partida da Copa da Alemanha"
Na véspera do duelo com o FC Metz, pelas oitavas de final da Copa da França), o treinador monegasco fez um balanço em coletiva de imprensa

Dois dias depois de conquistar a 19ª vitória da temporada no campeonato contra o Metz (4-0), Niko Kovac voltou a estar perante a imprensa nesta segunda-feira, para discutir as oitavas de final da Copa da França contra o mesmo Metz. Uma sequência difícil de gerir em tão pouco tempo entre duas competições diferentes, onde os objetivos continuam os mesmos apesar de tudo: vencer.

Olá, Niko. Vocês estão finalmente no pódio agora. Isso muda alguma coisa com a aproximação do final da temporada?

Conhecemos os resultados do fim de semana e é bom subir ao pódio. Sou bom em matemática e ainda temos três vitórias antes de validarmos definitivamente o quarto lugar. Portanto, não quero me empolgar ainda. Como já disse, queremos garantir inicialmente este quarto lugar na Europa. Estamos apenas um ponto à frente do terceiro e sabemos que as coisas são muito rápidas no futebol. Vamos nos concentrar na primeira etapa e depois veremos o que acontece a seguir. Temos um jogo muito emocionante frente ao FC Metz na Copa.

Como você consegue manter esse jovem grupo sob pressão?

Há muitos jogadores jovens, é verdade. Se eles desejam atingir seus objetivos e serem ambiciosos individual e coletivamente, devem trabalhar para progredir ainda mais. Eu adoro quando eles ouvem os mais experientes e trabalham duro todos os dias para continuar aprendendo. Às vezes, ficam desapontados com o tempo de jogo que podem obter, mas o mais importante é manter o foco no trabalho. Um ano de carreira não é nada, perto do que podem aprender para o futuro e ter um bom desempenho até os 35-36 anos.

Como disse antes, Eliot teve uma ótima atuação no sábado. É um jogador que treina muito bem todos os dias, para chegar a esse nível. Não é fácil para ele se mostrar, porque há Youssouf Fofana e Aurélien Tchouameni que estão fazendo uma ótima temporada no meio, então não é fácil dar a ele o tempo de jogo que merece.
Niko Kovac

Conte-nos sobre a atuação de Eliot Matazo contra o Metz no sábado…

Como disse antes, Eliot teve uma ótima atuação no sábado. É um jogador que treina muito bem todos os dias, para chegar a esse nível. Não é fácil para ele se mostrar, porque há Youssouf Fofana e Aurélien Tchouameni que estão fazendo uma ótima temporada no meio, então não é fácil dar a ele o tempo de jogo que merece. Ele tem grandes qualidades, está progredindo muito. Ele teve que aproveitar a oportunidade para se exibir, e ele o fez. Tenho certeza de que ele continuará trabalhando para melhorar dia após dia.

Como se organiza o staff na gestão dos jovens jogadores?

No que diz respeito aos jovens, partilhamos este trabalho com todos os membros da comissão técnica. Temos sessões de campo, sessões pós-treino, sessões de vídeo, e também temos os intervalos internacionais para continuar seu desenvolvimento. É importante trabalhar fisicamente, mas também no nível tático para fazê-los progredir. Eles sabem o quanto é importante aprender para que possam se tornar melhores. Quando você tem talento, precisa trabalhar diariamente para se desenvolver ainda mais. O talento é apenas 20% ou 30%, para o resto, é o trabalho que te leva ao mais alto nível.

30 anos ? É um bom número (risos)! Quando ganhei a Copa da Alemanha com o Eintracht Frankfurt, também já haviam se passado 30 anos desde que o clube a havia a conquistado. A Copa da França não é fácil, porque são apenas seis jogos para um título, mas ao mesmo tempo existem muitos parâmetros aleatórios.
Niko Kovac

Já se passaram 30 anos desde que o AS Monaco venceu a Copa da França. Existe alguma pressão especial para vocês conquistarem este troféu?

30 anos ? É um bom número (risos)! Quando ganhei a Copa da Alemanha com o Eintracht Frankfurt, também já haviam se passado 30 anos desde que o clube a havia a conquistado. A Copa da França não é fácil, porque são apenas seis jogos para um título, mas ao mesmo tempo existem muitos parâmetros aleatórios. Gosto de jogos de Copa, como disse antes, e minhas estatísticas são muito boas na Alemanha. Por isso, espero continuar assim nesta temporada com o AS Monaco.

Como você aborda os jogos da Copa, é diferente do campeonato?

Em três anos na Alemanha, perdi apenas a primeira final contra o Dortmund com o Frankfurt. Se bem me lembro, ganhei 19 das 20 partidas da Copa da Alemanha, então espero poder continuar nesta série. Vou deixar vocês verificarem. Não é fácil, pois é um jogo eliminatório, então você também deve estar preparado para a possibilidade de uma disputa de pênaltis. Vencemos três vezes com o Frankfurt neste quesito no primeiro ano. É importante se preparar para isso.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.