Fechar
Ligue 1 Conforama 16 Janeiro 2020, 00:47

O AS Monaco é derrotado pelo PSG

O AS Monaco é derrotado pelo PSG
Três dias após o grande jogo no Parc des Princes, que terminou empatado, os Vermelhos e Brancos foram derrotados pelo PSG no Stade Louis-II

Não houve período de observação nesta partida adiada da 15ª rodada. Desde o segundo minuto, Lecomte trabalhou para impedir ataque de Gueye. A resposta de Mônaco foi imediata. Cruzamento de Henrichs, Ben Yedder cabeçeou e Navas rejeitou(4′). Na sequência, foi Di Maria quem tentou a sorte da entrada da área, com uma nova defesa de Lecomte. Mais uma vez, o AS Monaco respondeu ao PSG com um chute de Gelson, que assustou Navas (5 ‘). Não deu tempo de respirar e Mbappé mandou a bola com perigo à frente do gol do Mônaco, Neymar apareceu, mas não conseguiu mandar pro alvo. (7). Neymar, que apareceu novamente após o primeiro quarto de hora em duas grandes ocasiões. O primeiro em cobrança de falta que acertou passou com perigo à direita (17), depois novamente um minuto depois, após muito esforço de Mbappé pelo lado esquerdo (18).

Duro de acreditar

Mbappé ainda foi destaque no minuto 27 com a abertura do placar. Depois de uma falta não marcada em Baldé, o ex-monegasco foi lançado em profundidade no limite do impedimento e enganou Lecomte com um chute cruzado. Após longos segundos de dúvida, Letexier validou o gol do Paris com a ajuda do vídeo. Os Vermelhos e Brancos reagiram imediatamente, mas Navas interveio contra Gelson e momentos após, foi Lecomte quem negou uma nova tentativa de Mbappé. O AS Monaco estava pressionando para retornar à igualdade, mas logo antes do intervalo, Letexier concedeu uma penalidade mais do que generosa a Kurzawa, após uma intervenção de Glik. Neymar ampliou e foi com o placar de 0-2 que o primeiro tempo terminou.

1 / 6

Sarrabia aumenta

Com dois gols atrás no placar, a tarefa para os homens de Robert Moreno era consideravelmente complicada. Especialmente porque o PSG sempre foi forte no contra-ataque, como essa nova oportunidade em que Mbappé perdeu o gol sozinho contra Lecomte (58º). Pouco depois de uma hora, Gelson estava tentando iniciar a reação com um drible devastador sobre Kurzawa, mas a defesa de Paris afastou (63). As primeiras mudanças ocorreram e as entradas simultâneas de Verratti e Sarrabia aos 71º (no lugar de Gueye e Icardi) valeram a pena para o PSG. No minuto seguinte, o italiano serviu o espanhol, que mandou um voleio e marcou o terceiro gol parisiense. Assinalado impedimento de forma incorreta, viu seu gol ser validado após a intervenção do vídeo.

A última palavra por Mbappé

Os Vermelhos e Brancos ainda tentavam o de honra, o que conseguiram aos 87 minutos. Após falta de Kurzawa sobre Ben Yedder, Silva colocou a bola em direção ao gol e a saída falha de Navas beneficiou Bakayoko. Revigorado por esse gol, o AS Monaco jogava seu jogo quando entramos nos acréscimos. Um remate de Silva foi defendido por Navas, mas a última palavra foi do PSG e de Mbappé, que ainda marcou mais um ao enganar Lecomte com um cruzamento da esquerda, numa situação quase semelhante à do primeiro gol. (90 + 1). A última oportunidade foi monegasca, com cobrança de falta de Jovetic, mas a vitória final foi parisiense. O AS Monaco tentará a recuperação no dia 25 de janeiro neste mesmo Stade Louis-II pela 21ª rodada, mas antes terá que viajar para Orléans para enfrentar Saint-Pryvé / Saint-Hilaire pela Copa da França.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.