Fechar
História 03 Setembro 2019, 00:30

Obrigado, Tigre!

Obrigado, Tigre!
Confira uma retrospectiva sobre os destaques da carreira de Radamel Falcao com a camisa monegasca

Desde o anúncio de sua assinatura, dado pelo presidente Rybolovlev em 31 de maio de 2013 – quando ele era cobiçado pelos maiores clubes do mundo – ao seu último gol monegasco contra a Sampdoria em 3 de agosto de 2019, pouco mais de seis anos se passaram. Seis anos, mas especialmente quatro temporadas ricas em gols e emoções. Resumi-los não é fácil, mas situar a contribuição de Radamel Falcao com a camisa vermelha e branca é bastante simples: 140 jogos e 83 gols, uma média de 0,6 gol por partida, ou seja, uma rede balançada a cada 150 minutos.

Em termos de história do nosso clube, esse número faz dele o quarto maior artilheiro do AS Monaco em quase cem anos de existência, incluindo mais de setenta anos no mais alto nível. Apenas Delio Onnis (223 gols em 280 jogos), Lucien Cossou (115 gols em 188 jogos) e Christian Dalger (89 gols em 335 jogos) marcaram mais gols do que Radamel Falcao com a camisa monegasca.

Golaço para estrear bem no Stade Louis-II contra o Tottenham
Primeiro gol na Ligue 1, contra o Bordeaux em agosto de 2013
Uma cabeçada poderosa no Parc
Vitória fora de casa contra o Fenerbahce em 2016
Dois gols importantes no Derby e na corrida pelo título
Golaço
Seus gols importantes contra o Dijon, em 2017
El Tigre rugiu e o AS Monaco goleou por 6 a 1 o OM no início da temporada 2017-2018
Um gol importante na luta pela permanência contra o Amiens, em 2019
O último jogo pelo AS Monaco, contra a Sampdoria (agosto de 2019)
1 / 10

 

Se não podemos mencionar cada um desses 83 gols, lembremo-nos então daqueles que foram os mais marcantes. Seu primeiro na Ligue 1 contra o Bordeaux, suas dobradinhas decisivas contra Nice e Dijon na disputa pelo título em 2017, a cavadinha magistral contra o Caen em dezembro de 2017, o lance genial diante do City alguns meses antes na Liga de Campeões… Não esqueçamos também do gol que abriu o placar contra o Amiens, em uma partida muito importante para a manutenção do clube na temporada passada.

No renascimento de 2013, na euforia de 2017 ou nas dificuldades de 2019, o AS Monaco pôde contar com o profissional, artilheiro e capitão Radamel Falcao para construir seus mais recentes sucessos. Uma página está sendo virada hoje, mas “El Tigre” deixará para sempre uma garra sagrada na história do clube.

Radamel Falcao e o AS Monaco em números:

AS Monaco – 140 jogos – 83 gols
Ligue 1 – 108 jogos – 65 gols
Liga dos Campeões – 20 jogos – 10 gols
1 título do Campeonato Francês (2016-2017)
2 segundos lugares na Ligue 1 (2013-2014, 2017-2018)
1 semifinal de Liga dos Campeões

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.