Fechar
Clube 03 Setembro 2019, 20:48

Os destaques da apresentação de Bakayoko e Augustin

Os destaques da apresentação de Bakayoko e Augustin
Confira os melhores momentos da apresentação de Tiemoué Bakayoko e Jean-Kévin Augustin com Oleg Petrov, vice-presidente e CEO do clube

Oleg Petrov:

“Todo mundo lembra de Tiemoué Bakayoko no AS Monaco. Ele é muito importante para nós e acho que poderá nos trazer o que precisamos. Tiemoué conhece a Ligue 1 e o clube. Quando buscávamos alguém para identificar o perfil necessário no meio de campo, ouvi muitas vezes que precisávamos de um ‘Bakayoko’, e hoje temos o próprio conosco!

Estou muito feliz em receber Jean-Kévin Augustin, que é uma nova opção para o nosso setor ofensivo. Queríamos que o treinador tivesse várias opções. A equipe está agora estabelecida, com a ambição de mostrar grandes coisas no próximo jogo.

Claro que o presidente tem ambição, eu sempre disse. O início da temporada não é o que queremos, mas nossas ambições são as mesmas e estamos trabalhando para que isso funcione.”

“Este mercado foi um desafio para mim. Foi o meu primeiro, muito intenso, mas aprendi bastante para o futuro.

Em relação aos jogadores que chegaram emprestados: se suas performances forem boas e se todos no clube ficarem satisfeitos, se a torcida ficar satisfeita, por que não se envolver com eles a longo prazo?”

Jean-Kévin Augustin:

“É verdade que tive conversas com o OGC Nice, mas hoje estou muito feliz por chegar ao AS Monaco. É uma enorme chance para mim. Falcao é um ótimo jogador, mas acho que não vim para substituí-lo. Quero ajudar o time e fazer uma boa temporada.

Acho muito bom o time ter vários atacantes. Quando você joga nesta posição, é normal ter concorrência. Isso te força a ir mais longe.”

“Joguei no PSG, mas saí rapidamente. Aprendi com meus erros e, graças a isso, estou ciente do que é bom e ruim. Ando um pouco afetivo, gosto de conversar com os funcionários, a comissão técnica… Isso me faz sentir bem.

Fisicamente me sinto bem, vou trabalhar durante a pausa para estar pronto para começar bem na próxima partida.”

Tiemoué Bakayoko:

“Conheço a casa e ajudarei o clube em seus objetivos. Pude conversar com as pessoas antes do meu retorno e é uma oportunidade muito boa para mim voltar ao AS Monaco.

Eu queria viver o melhor da Europa. Atuei bastante no primeiro ano no Chelsea, ao contrário do que foi dito. No AC Milan, evoluí enormemente no futebol e na vida. Volto com outro status, joguei em dois grandes clubes nas últimas duas temporadas e quero ajudar o grupo.

Meu objetivo é fazer bons jogos e ajudar o clube. É claro que penso na seleção francesa, mas o AS Monaco é a prioridade.”

“Fisicamente me sinto pronto, fiz toda a preparação com o Chelsea, por isso me sinto bem.

Sempre acompanhei os jogos do clube. Após o título, houve uma boa temporada. Mas não devemos nos esquecer que, exceto no ano passado, o AS Monaco sempre terminou no pódio nas últimas temporadas.”

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.