Fechar
Ligue 1 Conforama 19 Novembro 2021, 23:45

Os Rouge et Blanc arrancam um empate com o Lille

Os Rouge et Blanc arrancam um empate com o Lille
Ao final de um confronto com um cenário bastante desfavorável para o AS Monaco, os companheiros de Wissam Ben Yedder, autor do seu 50º gol com a Diagonal, conseguiram um merecido ponto frente ao atual campeão francês (2-2)

Neste Dia Nacional do Principado e no aniversário do ex-presidente Jean-Louis Campora, Niko Kovac escalou a equipe com seu híbrido 4-4-2. As únicas novidades foram Krépin Diatta na ponta-direita e Myron Boadu acompanhando Kevin Volland na frente. Infelizmente o jogo começou muito mal para os monegascos, com um pênalti concedido aos 3 minutos de jogo por Strahinja Pavlović, e que Jonathan David converteu (0-1).

Um início de jogo muito complicado

Apesar de uma grande oportunidade em cobrança de falta para os monegascos, foi o atacante canadense quem aumentou na sequência (0-2, 7’/1ºT). O terceiro gol dos nortistas esteve muito perto de ser marcado por Jonathan Ikoné, mas Alexander Nübel fez grande defesa (12’/1ºT). O goleiro alemão também interveio diante de Jonathan David na sequência (18’/1ºT).

A reação monegasca começou com o cruzamento de Krépin Diatta e a cabeçada de Myron Boadu (28’/1ºT). Depois foi Sofiane Diop quem apareceu com um forte chute para fora (33’/1ºT). Em seguida, Aurélien Tchouameni tentou sua sorte (35’/1ºT). Infelizmente, o momento não foi recompensado com um gol. E Alexander Nübel ainda salvou novamente ao vencer um duelo cara a cara com Jonathan David, novamente ele (39’/1ºT).

Krépin Diatta garante a esperança

Felizmente, a sorte finalmente sorriu para os companheiros de equipe de Youssouf Fofana, à medida que se aproximava o intervalo. Em uma abertura do meio-campista monegasco para Krépin Diatta, o senegalês marcou seu primeiro gol da temporada na Ligue 1 com a canhota (1-2, 41’/1ºT), dando esperança à equipe antes do retorno aos vestiários.

Os homens de Niko Kovac voltaram com boas intenções. Kevin Volland esteve perto de empatar numa cavadinha (3’/2ºT), aproveitando um erro de Tiago Djalo, e depois em um chute rasteiro defendido por Adam Jakubech (7’/2ºT). Depois, foi a vez de Gelson Martins – que entrou ao intervalo no lugar do lesionado Diatta – tirar tinta do travessão adversário (10’/2ºT’).

Capitão Wiss salva novamente

Axel Disasi esteve muito perto de enganar Jakubech em uma cabeçada forte após um excelente cruzamento de Caio Henrique (18’/2ºT). A pressão aumentou com uma nova cabeçada de Kevin Volland em cruzamento de Wissam Ben Yedder, que havia acabado de entrar em campo (29’/2ºT), e depois neste chute forte de Aurélie Tchouameni (31’/2ºT).

O árbitro Willy Delajod na sequência apresentou o segundo cartão amarelo a Strahinja Pavlović, que teve de sair de campo mais cedo (33’/2ºT). Mas, felizmente, a luz voltou uma segunda vez para iluminar o recinto de Fontvieille, em lançamento de Kevin Volland para o camisa 10 Rouge et Blanc balançar a rede de Jakubech (2-2, 38’/2ºT). O milagre acontecia graças ao sétimo gol do capitão monegasco na Ligue 1 nesta temporada, o seu 50º no total pelo AS Monaco. Era também o oitavo vindo do banco em 2021, pelo menos três a mais do que qualquer outro jogador do Big 5 europeu.

De olho na Europa

A vitória ainda esteve perto após mais uma linda jogada de Wissam, que serviu Ruben Aguilar, mas o chute cruzado foi para fora. A partida terminou com um empate (2-2), apesar dos dois últimos sustos com um remate de Yilmaz e uma cabeçada de Djalo, bem defendida por Alexander Nübel (48’/2ºT). Um ponto conquistado com coragem pelos nossos monegascos, que honraram a Diagonal, apesar de um cenário bastante desfavorável. O próximo desafio será na quinta-feira pela Liga Europa, com recepção da Real Sociedad no Stade Louis-II.


A ficha do jogo

Ligue 1 – 14ª rodada

AS Monaco 2-2 Lille

Gols: Diatta (41’/1ºT) e Ben Yedder (38’/2ºT) para o AS Monaco; David (3’/1ºT e 9’/1ºT) para o Lille

Cartões amarelos: Pavlović (3 ‘/1ºT e 33’/2ºT) e Fofana (39’/2ºT) para o AS Monaco; Çelik (7’/1ºT), David (37’/1ºT), Yazici (23’/2ºT), Weah (28’/2ºT) e Niasse (40’/2ºT) para o Lille

Cartão vermelho: Pavlović (33’/2ºT)

AS Monaco: Nübel – Aguilar, Disasi ©, Pavlović, C.Henrique (Jakobs, 27’/2ºT) – Diatta (Gelson Martins, 1’/2ºT), Fofana, Tchouameni, Diop – Volland (Maripán, 42’/2ºT), Boadu (Ben Yedder, 27’/2ºT)

Reservas: Majecki, Jakobs, Maripán, Sidibé, Gelson Martins, Jean Lucas, Lemarechal, Ben Yedder, Isidor

Treinador: Niko Kovac

Lille: Grbic – Çelik, Fonte ©, Djalo, Bradaric – Ikoné, André, Xeka (Yilmaz, 45’/2ºT), Yazici (Niasse, 25’/2ºT) – Weah, David (Lihadji, 35’/2ºT)

Reservas: Jakubech, Dabila, Pied, Niasse, Gomes, Lihadji, Mpembele, Yilmaz

Treinador: Jocelyn Gourvennec

Rise. Risk. Repeat.

MAS DE FATO, PARA QUE SEUS COOKIES SÃO USADOS? 🤔

Você os aceita várias vezes por dia nos vários sites que visita. Mas o que você sabe sobre eles? Obviamente, os cookies não são comidos e também não são perigosos. Eles apenas nos ajudam a personalizar sua experiência na Internet. Quando você visita o asmonaco.com, eles nos permitem primeiro analisar o público e o desempenho do site. E eles nos servem principalmente para fornecer a você anúncios e conteúdo que correspondem ao que você gosta. Observe que você pode alterar suas preferências a qualquer momento, graças aos regulamentos sobre proteção de dados pessoais. Ou entre em contato com nossa equipe para qualquer esclarecimento. Obrigado por sua confiança!

Cookies strictement nécessaires
Cookies statistiques
Cookies tiers