Fechar
Sem categoria 07 Abril 2021, 02:56

Os Rouge et Blanc se classificam nos pênaltis

Os Rouge et Blanc se classificam nos pênaltis
Ao final de um empate sem gols, o AS Monaco conseguiu se classificar sobre o Metz para as quartas de final da Copa da França após uma disputa de pênaltis perfeitamente controlada

Para enfrentar o Metz pela segunda vez em quatro dias, Niko Kovac decidiu alinhar sua equipe no 4-4-2 com Eliot Matazo e Youssouf Fofana novamente no meio-campo. Krépin Diatta pela direita, enquanto Gelson Martins fazia o seu regresso ao time titular. Do lado do Metz, Frédéric Antonetti também fez algumas alterações em relação ao encontro do sábado passado, embora tenhamos visto Farid Boulaya novamente na armação.

 Um primeiro ato sem loucuras

Nos primeiros minutos de jogo, os debates foram equilibrados. O Metz atuava com um bloco baixo e tentava assustar em contra-ataques. Já os monegascos foram rapidamente perigosos, já que Gelson Martins se apresenta diante de Alexandre Oukidja, mas o goleiro do Metz venceu o duelo (3’/1ºT). Alinhado como ponta-esquerda, o português assinou a maior oportunidade para os Rouge et Blanc nesses primeiros 45 minutos.

Youssouf Fofana também fez trabalhar o goleiro do FC Metz. Com um remate à distância, o meio-campista esteve muito perto de abrir o marcador, mas o goleiro fez uma bela defesa (31’/1ºT). Os homens de Frédéric Antonetti estava bem posicionados e criaram algumas situações. Aaron Leya Iseka arriscou de fora da área, mas sem preocupar o goleiro polonês Radoslaw Majecki (43’/1ºT).

Dois goleiros proeminentes

Apesar da posse de bola em vantagem para os homens de Niko Kovac, a luta era equilibrada. Assim que soou o apito no segundo tempo, os monegascos atacaram a área do goleiro do Metz. Gelson Martins se apresentou novamente contra Alexandre Oukidja, mas o goleiro argelino viu a tentativa do atacante monegasco ir para fora.

Em um duelo equilibrado onde os dois goleiros se destacaram, os dois estrategistas fizeram várias mudanças. Kevin Volland teve sua chance (22’/2ºT), enquanto Maïga testou Radoslaw Majecki de fora da área, sem realmente preocupar o goleiro monegasco (33’/2ºT).

Uma disputa de pênaltis decisiva

No final do jogo, nem Stevan Jovetić (36’/2ºT) nem Kevin Volland permitiram que o AS Monaco abrisse o placar. As duas equipes decidiram, portanto, nos pênaltis, exercício em que os monegascos se destacaram. Graças a um erro de Maïga, o clube do Principado finalmente venceu ao converter suas cinco cobranças.

Um sucesso para os homens de Niko Kovac, que venceu sua 22ª partida em Copas em 23 como técnico. Assim, o AS Monaco disputará as quartas de final da competição, para alegria do treinador croata. Mas não há tempo para comemorar, já que o próximo duelo dos Rouge et Blanc acontecerá neste domingo, no Stade Louis-II, contra o Dijon pela Ligue 1.

A ficha do jogo:

Copa da França – Oitavas de final

AS Monaco 0-0 FC Metz (5-4 nos pênaltis)

AS Monaco: Majecki – Sidibé, Maripán, Badiashile (Disasi, 1’/2ºT), Ballo-Touré (Caio Henrique, 23’/2ºT) – Diatta (Jovetić, 23’/2ºT), Fofana, Matazo, (Tchouameni, 34’/2ºT), Gelson Martins (Fabregas, 14’/2ºT) – Volland, Ben Yedder.
Treinador: Niko Kovac

FC Metz: Oukidja – Centonze, Bronn, Kouyaté, Fofana, Delaine – Maiga, Angban, Boulaya (Sarr, 15’/2ºT) – Leya Iseka (Ambrose, 16’/2ºT), Vagner (Yadé, 16’/2ºT)
Treinador: Frédéric Antonetti

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.