Fechar
Ligue 1 Conforama 21 Fevereiro 2019, 14:33

Retrô 17/18: a louca 'remontada' contra o Lyon

Retrô 17/18: a louca 'remontada' contra o Lyon
Em 4 de fevereiro de 2018, no Stade Louis II, o AS Monaco venceu por 3 a 2 o Olympique Lyonnais ao final de uma partida excepcional

Por ocasião da 24ª rodada da Ligue 1 Conforama (2017-2018), o AS Monaco (50 pts, 3º colocado) recebe o Olympique Lyonnais (48 pontos, 4º).

As apostas são altas para ambas as equipes. AS Monaco pode ficar a um ponto do OM (2º) em caso de vitória. Já os Lyonnais podem roubar o terceiro lugar do Rouge et Blanc em caso de vitória.

Escalação: Subasic – A.Touré, Glik, Jemerson, Raggi – Tielemans, Fabinho, Moutinho – Rony Lopes, Falcao (c), K.Baldé

Um início de pesadelo

Em um início de jogo disputado, a batalha é forte no meio de campo e os espaços se fecham muito rapidamente. Nos pés de Mariano Diaz, o OL abre o placar aos 12 minutos (0x1), em lance que lesiona também o goleiro Subasic, após o croata bater a coxa na trave. Seydou Sy o substitui imediatamente.

Os jogadores monegascos têm dificuldade em se organizar no início da partida. E para piorar, aos 28 minutos, Bertrand Traoré aumenta a vantagem para os Lyonnais após cruzamento de Memphis Depay (0x2).

Uma resposta contundente

Enquanto o adversário pensa estar seguro nesta partida, Keita Baldé deu esperança aos Rouge et Blanc. Autor de uma arrancada solitária pelo lado direito, ele dribla Aouar e resiste a Ndombele para finalmente chutar cruzado e diminuir o placar (1×2). Eram apenas 31 minutos deste emocionante jogo.

Seis minutos depois, Kamil Glik recebe uma penalidade. Radamel Falcao cobra, Lopes espalma, mas o artilheiro colombiano pega o rebote e empata (2×2, 37”ºT).

O jogo então muda de dimensão. Os monegascos conseguem o empate em menos de dez minutos. As quatro chances de gol desta partida são convertidas.

As dúvidas voltam a aparecer

Enquanto os Rouge et Blanc parecem assumir o controle do jogo, Keita Bladé recebe dois cartões amarelos em menos de cinco minutos (41′ e 44’/1ºT) e é mandado de volta para o vestiário antes do intervalo. Um deslumbrante primeiro período, em todos os níveis.

Os Lyonnais, em superioridade numérica, dão o pontapé inicial deste segundo tempo. Tudo parece desmoronar em torno dos monegascos, já que Radamel Falcao (10’/2ºT), sente a coxa após uma finalização de pé esquerdo. Ele é forçado a dar seu lugar a Stevan Jovetic: mais um golpe duro para o AS Monaco.

A virada

Enquanto os jogadores Rouge et Blanc fazem seu melhor com dez contra onze, eles até conseguem forçar Anthony Lopes a trabalhar. Primeiro (24’/2ºT) através de Rony Lopes, em chute de canhota. E então (28’/2ºT) com Tielemans, que obriga o goleiro português a voar para tirar a bola de seu ângulo.

Foi aos 43 minutos que o ataque monegasco conseguiu superar de vez a defesa do Lyon. Jovetic encontra Rony Lopes, que finaliza rasteiro e supera Lopes. Um gol totalmente merecido para o AS Monaco, que lutou do início ao fim desta partida.

Assim, o AS Monaco derruba o OL após um jogo insano. Atrás no placar por dois gols e reduzidos a dez antes do intervalo, os Rouge et Blanc encontraram os recursos necessários para conseguir a virada! Os monegascos confirmam seu terceiro lugar e ficam a um ponto do Olympique de Marselha.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.