Fechar
Ligue 1 Conforama 23 Janeiro 2020, 14:11

Robert Moreno: "Estou muito feliz com o trabalho"

Robert Moreno: "Estou muito feliz com o trabalho"
A dois dias do duelo da 21ª rodada da Ligue 1 Conforama contra o RC Strasbourg, Robert Moreno falou sobre o jogo de sábado, a janela de transferências e o retorno de Jovetic e Jorge ao grupo
Agora temos muitas partidas. Vamos jogar a cada três dias. Estou muito feliz com o trabalho que fazemos nos treinamentos. O jogo de segunda foi bom para ver os outros jogadores participando conosco.
Penso que o Strasbourg jogará com cinco defensores, como no jogo do primeiro turno. Estamos acostumados a jogar contra esses sistemas. Nós temos as soluções. A partida será complicada para os laterais. Eles terão que cobrir bem os espaços e gerenciar o jogador adversário.
Colocamos os nomes na mesa. Nós falamos, discutimos. Depois disso, decidimos, mas não é apenas uma questão de perfil, mas também uma questão econômica. Se eu pudesse, traria o Messi. O trabalho do AS Monaco com jovens é bom. Eles têm qualidade. Acho que temos que encontrar uma mistura entre jovens e experientes. Com isso, podemos trabalhar bem.
Jorge é um jogador excepcional. Ele tem a qualidade para estar conosco. Ele fez as coisas bem, não apenas na segunda-feira, mas em todos os treinamentos. Ele pode me dar soluções para esta posição. Os jogadores precisam de pressão para jogar bem, caso contrário, relaxarão.

Nossos capitães não estavam em campo. É uma questão de respeito dar a braçadeira para Jovetic, ele é o que tem mais experiência no clube depois deles.
É um jogador diferente. Ele tem as qualidades necessárias para fazer passes finais. Quando tem a bola, algo pode acontecer. Durante os treinos, é incrível. É bom ter "Jove" conosco. Ele pode começar em uma posição e terminar em outra durante uma partida.
Fàbregas tem qualidades para dar continuidade ao jogo, ele foi campeão mundial, campeão europeu, fazendo o que faz. Ele pode fazer qualquer coisa quando você quer jogar com a bola como nós.
Melhoramos muito as bolas paradas. O gol que fizemos contra o St-Pryvé/St-Hilaire foi em um contra-ataque. Devemos continuar trabalhando nesse aspecto. Acho que o time avançou coletivamente na defesa, estou feliz.
AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.