Fechar
Meios 09 Fevereiro 2021, 23:20

Ruben Aguilar: "A Copa da França é uma competição fabulosa"

Ruben Aguilar: "A Copa da França é uma competição fabulosa"
Formado em Grenoble, o lateral-direito monegasco apareceu diante da mídia às vésperas da viagem à sua cidade natal, em nome da fase de 32 avos de final da Copa da França

Versátil pela direita, Ruben Aguilar é um dos pilares da equipe monegasca. Aos 27 anos, ele até foi convocado pela primeira vez no dia 11 de novembro, vestindo a camisa da seleção francesa. Uma consagração para o Grenoblois, que ingressou ao GF38 aos 12 anos. Na véspera do encontro amanhã com o seu clube formador no Stade des Alpes, o camisa 26 apresentou-se em coletiva de imprensa.

A Copa da França é uma grande oportunidade para se exibir amanhã…

Sim, claro, farei o possível se o treinador me chamar, como já fiz na Ligue 1. Aproveito cada minuto que tenho, assim como meus companheiros. A equipe titular terá tudo para provar amanhã e mostrar do que é capaz.

Você também pode jogar meia-direita ultimamente, como em Montpellier…

Sim, posso jogar um degrau acima. É uma mudança de posição em termos de substituição defensiva, tenho que ajudar os dois meio-campistas. Estou acostumado a jogar como lateral-direito. Estou trabalhando para ganhar um pouco mais de bagagem para poder mudar para outra posição e poder progredir. Independentemente da minha posição, darei o meu melhor.

Uma grande partida nos espera em Grenoble. Lembro-me de um jogo difícil com o Montpellier, em Pontarlier, onde sofremos um pênalti e um cartão vermelho, essa é a magia da Copa.
Ruben Aguilar

Você se arrepende de não poder encontrar os clubes amadores na Copa deste ano?

É triste para eles, que também existem graças a esta Copa. Passei por rodadas difíceis na Copa da França por causa dos torcedores que estavam perto do gramado. Temos a sorte de poder fazer isso, temos que ir o mais longe possível. Uma grande partida nos espera em Grenoble. Lembro-me de um jogo difícil com o Montpellier, em Pontarlier, onde sofremos um pênalti e um cartão vermelho, essa é a magia da Copa.

Você deve estar feliz em voltar a Grenoble…

Sim, é aqui que minha família mora, é um retorno ao lar. Mas volto apenas com a intenção de me classificar e sair. Estou um pouco frustrado com a pandemia, porque não vou conseguir encontrar os torcedores do Grenoble. Eu poderia ter todos os meus parentes no estádio também. Fazer um grande jogo amanhã é o mais importante.

Sempre trabalhamos em lances de bola parada desde o início da temporada. Funciona bem para nós. O Guilherme é outra força na área adversária, ele mostrou isso no mês passado ao marcar quatro gols. Ele tem um jogo aéreo muito bom. É o Robert, o assistente e irmão do técnico, que cuida desse aspecto do jogo.
Ruben Aguilar

Fale para nós sobre as bolas paradas monegascas…

Sempre trabalhamos em lances de bola parada desde o início da temporada. Funciona bem para nós. O Guilherme é outra força na área adversária, ele mostrou isso no mês passado ao marcar quatro gols. Ele tem um jogo aéreo muito bom. É o Robert, o assistente e irmão do técnico, que cuida desse aspecto do jogo. Ele não fala muito, mas sabe o que fazer. Ele observa muito para melhorar as coisas, as táticas passam por ele.

A Copa da França é um bônus?

É uma competição fabulosa, você não precisa calcular para vencer. Não há ida e volta, você tem que dar o máximo.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.