Fechar
Ligue 1 Conforama 24 Janeiro 2021, 04:37

Virada Rouge et Blanc no clássico com o OM

Virada Rouge et Blanc no clássico com o OM
Os Rouge et Blanc conseguiram a quarta vitória consecutiva no clássico da 21ª rodada da Ligue 1 frente ao Olympique de Marselha (3-1), ficando temporariamente a apenas um ponto do pódio

Para enfrentar o Olympique de Marselha, Niko Kovac decidiu escalar o mesmo time titular da semana passada em Montpellier. Nos primeiros minutos de jogo, os marselheses estiveram bem organizados, vindo com a intenção de se tranquilizarem, após três derrotas, incluindo duas no Stade Vélodrome.

Um primeiro tempo lento

Na primeira ofensiva do Marselha, Nemanja Radonjic abriu o placar após um longo lançamento de Duje Caleta-Car da sua metade do campo (0-1, 12’/1ºT). O suficiente para os Rouge et Blanc se mobilizarem para retomar o controle da partida. Wissam Ben Yedder e seus companheiros encontram-se várias vezes contra a defesa do Marselha, que atuava com um bloco baixo e compacto.

Mesmo assim, o clube do Principado criou uma grande oportunidade através de Kevin Volland no final da primeira etapa. Após um belo passe de Youssouf Fofana, o alemão obrigou Steve Mandanda a trabalhar (40’/1ºT). Então, no minuto seguinte, foi a vez de seu capitão Wissam Ben Yedder se livrar da defesa marselhesa e bater sem sucesso (41’/1ºT). Os jogadores de André Villas-Boas eram oportunistas, marcando em sua única chegada durante os primeiros 45 minutos.

Substitutos novamente decisivos

Desde o apito do segundo tempo, os monegascos foram dominadores. Após entrar em campo momentos antes, Aleksandr Golovin cobrou um escanteio da direita que encontrou Guillermo Maripán no segundo poste. A cabeçada do chileno foi perfeitamente no ângulo de Steve Mandanda, para empatar o duelo (1-1, 2’/2ºT). Wissam Ben Yedder esteve muito perto de fazer a virada na sequência, mas o goleiro adversário venceu o confronto direto.

Os marselheses não conseguiram vencer o meio-campo monegasco, bem postado com um Aurélien Tchouameni impecável esta noite. Após um novo escanteio cobrado por Aleksandr Golovin, o camisa 8 monegasco cabeceou sem chances para Steve Mandanda, impotente em sua linha (2-1, 30’/2ºT).

Uma cobrança de falta magistral de Jovetic

Como um símbolo, o final do jogo viu uma cobrança de falta sublime de Stevan Jovetic, para matar o duelo (3-1, 45’/2ºT). Com esta quarta vitória consecutiva, os monegascos estão agora sete pontos à frente do Olympique de Marselha. Os homens de Niko Kovac estão cada vez mais perto do pódio após conquistarem 16 pontos em 18 possíveis. A próxima partida do AS Monaco será no próximo domingo, no Stade de la Beaujoire, frente a Nantes.


A ficha do jogo:

Ligue 1 Uber Eats – 21ª rodada
AS Monaco 3 – 1 Olympique de Marselha

Gols: Maripán (2’/2ºT), Tchouameni (30’/2ºT) e Jovetić (45’/2ºT) para o AS Monaco; Radonjic (12’/1ºT) para o Marselha

AS Monaco: Lecomte – Sidibé, Maripan, Badiashile, Caio Henrique – Aguilar (Golovin, 1’/2ºT), Fofana, Tchouameni, Diop (Diatta, 23’/2ºT) – Ben Yedder © (Jovetić, 33’/2ºT), Volland (Pellegri, 45’/2ºT).
Treinador: Niko Kovac

Olympique de Marselha: Mandanda © – Sakai, Alvaro, Caleta-Car, Lirola – Balerdi , Gueye, Cuisance (Khaoui, 31’/2ºT) – Thauvin (Germain, 22’/2ºT), Benedetto (Milik, 15’/2ºT), Radonjic (Payet, 23’/2ºT).
Treinador: André Villas-Boas

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.