Fechar
WHAT A GOAL ! 05 Dezembro 2019, 23:53

WAG: O golaço de Giuly no Vélodrome

WAG: O golaço de Giuly no Vélodrome
Há exatamente 16 anos, Ludovic Giuly deu a vitória ao AS Monaco no Stade Vélodrome após driblar três adversários e desestabilizar a defesa do Marselha

Disputado na sexta-feira, 5 de dezembro de 2003, este jogo válido pela 17ª rodada da Ligue 1 foi decidido em oito minutos no segundo tempo. Antes de uma viagem a Atenas, onde o AS Monaco terminaria a fase de grupos da Liga dos Campeões cinco dias depois, foi com a liderança que Didier Deschamps e seus jogadores foram ao Stade Vélodrome.

As duas equipes ainda não sabiam, mas ambas disputariam uma final europeia alguns meses depois, a Champions para os monegascos, e a Copa da UEFA para os marselheses. Na liga, o OM já estava a nove pontos do AS Monaco e devia vencer para não deixar seu oponente do dia escapar na classificação. Pouco antes do intervalo, o atacante egípcio Mido abriu o placar em um estádio lotado com 52.265 espectadores.

O golaço de Ludo

Foi no início do segundo tempo que a reação monegasca aconteceu, com um empate anotado por Sébastien Squillaci (13’/2ºT). Resfriado pela primeira vez, o Vélodrome se calou completamente aos 21’/2ºT, quando Ludovic Giuly fez uma jogada de gala. Pela direita, ele driblou três defensores antes de bater na saída de Vedran Runje com a categoria de sua canhotinha. Esta pequena obra-prima permitiu que o AS Monaco trouxesse de volta três pontos preciosos desta viagem a Marselha.

Sabemos hoje que não foi o suficiente para resistir ao retorno do OL durante esta temporada 2003-2004 tão intensa, e os monegascos completaram o pódio no terceiro lugar, a quatro pontos do título, mas após uma linda campanha no cenário europeu.

5 de dezembro de 2003 – Stade Vélodrome
Ligue 1 – 17ª rodada
O:ympique de Marselha 1×2 AS Monaco
Árbitro: Poulart
Gols: Mido (44’/1ºT) para o OM; Squillaci (13’/2ºT) e Giuly (21’/2ºT) para o AS Monaco
Olympique de Marselha: Runje, Ecker, Chrsitanval, Van Buyten (Beye, 28’/2ºT), Meïté, Celestini, Hemdani, Vachousek, Meriem (Johansen, 7’/2ºT), Drogba, Mido (Fernandão, 31’/2ºT) – Treinador: Alain Perrin
AS Monaco: Roma, Evra, Rodriguez, Squillaci, Givet, Bernardi, Zikos, Rothen (Plasil, 48’/2ºT), Giuly, Prso (Cissé, 36’/2ºT), Morientes – Treinador: Didier Deschamps

Rise. Risk. Repeat.

MAS DE FATO, PARA QUE SEUS COOKIES SÃO USADOS? 🤔

Você os aceita várias vezes por dia nos vários sites que visita. Mas o que você sabe sobre eles? Obviamente, os cookies não são comidos e também não são perigosos. Eles apenas nos ajudam a personalizar sua experiência na Internet. Quando você visita o asmonaco.com, eles nos permitem primeiro analisar o público e o desempenho do site. E eles nos servem principalmente para fornecer a você anúncios e conteúdo que correspondem ao que você gosta. Observe que você pode alterar suas preferências a qualquer momento, graças aos regulamentos sobre proteção de dados pessoais. Ou entre em contato com nossa equipe para qualquer esclarecimento. Obrigado por sua confiança!

Cookies strictement nécessaires
Cookies statistiques
Cookies tiers