Fechar
Ligue 1 Conforama 13 Dezembro 2019, 02:07

Wissam Ben Yedder: "O coletivo vem primeiro"

Wissam Ben Yedder: "O coletivo vem primeiro"
Wissam Ben Yedder respondeu as perguntas dos jornalistas antes de viajar para Angers. Uma oportunidade para fazer um balanço sobre sua excelente primeira metade da temporada
Meu objetivo é ser bem-sucedido em todos os jogos. Hoje estou bem e feliz, mesmo que ainda tenhamos coisas a resolver para encontrar o melhor equilíbrio em campo.
Não me concentro no ranking dos artilheiros, o coletivo vem primeiro, para poder ter uma sequência de vitórias e brigar pelos cinco primeiros lugares. Depois, é claro, fico feliz quando marco e o time vence.
Ainda não estamos estáveis, temos ajustes a serem feitos para melhorar, principalmente fora de casa. Estamos trabalhando nisso, o treinador está colocando tudo no lugar. Agora, existem dois jogos da liga antes da pausa, é hora de ganhar pontos e continuar em uma boa fase no returno.

Não tenho lado preferencial, tento explorar todas as bolas que são exploráveis. O gol contra o Amiens foi por instinto. Estava com a bola, tinha que decidir, encontrar uma solução, tudo é feito muito rapidamente...
Não devemos focar em um único jogador, porque somos um coletivo acima de tudo, mas sabemos que Islam Slimani é um elemento importante. Vamos precisar dele em jogos complicados, hoje ele está voltando, estou feliz por ele e pelo time. É verdade que temos uma boa complementaridade, estamos bem em campo. Ele sabe como marcar e fazer os outros marcarem, é uma vantagem tê-lo conosco.
Tenho ambições e objetivos para a Euro 2020, isso é claro, mas até lá haverá muitas coisas acontecendo... Hoje, a prioridade é focar nos jogos do campeonato que se aproximam e continuar atuando bem.

Hoje, o treinador pode usar esquemas diferentes, sistemas diferentes, cabe a nós nos adaptar. Posso jogar sozinho ou com um atacante de apoio, também posso jogar como armador. Posso atuar em posições diferentes, não é um problema para mim.
O AS Monaco era o meu time quando criança e o destino quis que eu assinasse aqui. Estou feliz com isso. O importante é sempre ser quem você é, e fiz isso aonde quer que eu fosse. Minha jornada não foi fácil, mas isso é também o que a torna bonita. Agora, olhando para o futuro, penso no presente e nas coisas que acontecerão graças ao trabalho que fazemos hoje.
AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.