Fechar
Portrait 03 Setembro 2019, 15:23

A determinação de "JKA"

A determinação de "JKA"
Jean-Kévin Augustin está de volta à Ligue 1. Confira uma retrospectiva da jovem e promissora carreira do novo atacante monegasco

Em 8 de abril de 2015, um jovem atacante de 17 anos fez sua grande estreia pelo PSG em uma partida da Copa da França contra o Saint-Étienne, dando uma assistência a Zlatan Ibrahilovic em seu terceiro gol da noite. Ainda desconhecido do público em geral, Jean-Kévin Augustin não era uma novidade aos sábios observadores. Particularmente brilhante com as equipes juvenis do clube parisiense, o jovem atacante também esteve na seleção francesa sub-16, sub-17, sub-18 e agora sub-19.

Aprendiz entre as estrelas

Definitivamente integrado ao grupo profissional na temporada seguinte, Jean-Kévin Augustin fez uma preparação muito promissora ao marcar três gols em quatro jogos no torneio de pré-temporada nos EUA: a International Champions Cup. Titular no primeiro jogo da Ligue 1 contra o GFC Ajaccio, ele voltou ao banco depois que as estrelas parisienses retornaram. Isso não o impediu de marcar seu primeiro gol na Ligue 1 em novembro de 2015, em jogo contra o Troyes, e de disputar sua primeira partida da Liga dos Campeões contra o Malmö na sequência. De 2015 a 2017, o atacante fez 31 jogos pelo PSG e se destacou especialmente durante a Euro sub-19 2016, conquistada pela França.

Primeiro jogo contra o AS Monaco, em março de 2016 (vitória por 2 a 0 dos Rouge et Blanc no Parc)

Artilheiro da Euro sub-19 2016

Autor de um hat-trick contra a Holanda durante a fase de grupos, Jean-Kévin Augustin liderou os Bleuets na goleada diante da Espanha na final (4×0). Nesta ocasião, o atacante francês marcou seu sexto gol em uma competição da qual foi o artilheiro! Este desempenho esplêndido não mudou seu status em seu clube formador. O jovem sabia que para seguir adiante, deveria ganhar mais tempo de jogo e foi na Bundesliga que ele encontrou um novo desafio, no RB Leipzig em julho de 2017. Com 37 jogos, 12 gols e seis assistências em 2017-2018, sua primeira temporada na Alemanha teve um balanço positivo. Mas a segunda foi mais complicada.

4 gols e 2 assistências na Liga Europa

Perturbada por seu complicado relacionamento com a FFF, sua temporada 2018-19 foi marcada por 30 jogos, oito gols e duas assistências. No entanto, Jean-Kévin Augustin teve um bom desempenho na Liga Europa, com quatro gols e duas assistências, mesmo que a campanha tenha terminado com um decepcionante terceiro lugar na fase de grupos. É preciso dizer que o Leipzig havia desfrutado da Liga dos Campeões na temporada anterior, enfrentando inclusive o AS Monaco no Stade Louis II (1×4). Jean-Kévin Augustin não disputou esta partida, mas entrou em campo no jogo de ida na Alemanha, que terminou empatado em 1 a 1.

Augustin duelando com Youri Tielamans, durante a Liga dos Campeões 2017-2018

Conscientização

Ciente de que o talento por si só não é suficiente e determinado a voltar a progredir como nos últimos anos, “JKA” decidiu mudar radicalmente sua abordagem ao trabalho de jogador de futebol. O verão de 2019 foi de conscientização, como disse o garoto de 22 anos ao diário Bild. Desejando recuperar 100% de suas qualidades físicas, ele trabalhou bastante individualmente durante suas férias. Uma iniciativa que não passou batida à comissão técnica do RB Leipzig, que viu um jogador particularmente em forma durante a preparação. Emprestado por uma temporada com opção de compra, é com o AS Monaco que Jean-Kévin Augustin poderá dar toda a medida de seu imenso talento. Daghe Jean-Kévin!

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.