Fechar
UEFA Champions League 05 Novembro 2018, 09:00

O AS Monaco contra clubes belgas

O AS Monaco contra clubes belgas
Após o empate na Bélgica há duas semanas (1x1), o AS Monaco recebe o Club Brugge nesta terça-feira. Esta será a quarta partida entre o clube do Principado e um clube belga no Stade Louis-II em copas europeias.

AS Monaco 6×1 Club Brugge, 9 de novembro de 1988

Escalação: Ettori, Battiston, Amoros, Valéry, Sonor, Hoddle, Ferratge, Touré, Poullain, Hateley, Fofana.

O primeiro confronto remonta a 9 de novembro de 1988 contra o Club Brugge, válido pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Derrotado (1×0) no jogo de ida, os comandados de Arsène Wenger fizeram bem mais do que reverter o placar. Liderados por Youssouf Fofana, autor de um “hat-trick”, o AS Monaco matou o jogo na primeira meia hora. Também em noite inspirada, Luc Sonor participou da festa antes de José Touré marcar duas vezes (6×1).

AS Monaco 5×1 Lierse SK, 22 de outubro de 1997

Escalação: Barthez, Pignol, Djetou, Dumas, Sagnol, Konjic, Collins, Benarbia, Legwinski, Henry, Ikpeba.

Campeão francês na época, o AS Monaco ainda estava no ritmo do título e fazia sucesso atuando também no cenário continental. Após uma grande vitória diante do Bayer Leverkusen (4×0), os Rouge et Blanc receberam desta vez o clube belga Lierse SK. Ainda pouco experientes em competições europeias, David Trezeguet e Thierry Henry não hesitaram em brilhar. Henry abriu o placar, enquanto Trezeguet fechou os trabalhos com dois gols nos minutos finais (5×1). Após terminar em primeiro de seu grupo, o AS Monaco eliminou o Manchester United nas quartas de final antes de parar nas semifinais diante da Juventus.

AS Monaco 0x2 Anderlecht, 26 de novembro de 2015

Escalação : Subasic, Fabinho, Raggi, Carvalho, Coentrão, Pasalic, Toulalan, Moutinho, Silva, Traoré, El Shaarawy.

O AS Monaco retornou à Liga Europa após ter participado da Liga dos Campeões, um ano depois de regressar à Ligue 1. Em 26 de novembro de 2015, os Rouge et Blanc tinham uma posse de bola superior e o triplo de finalizações, mas foi surpreendido pelo ex-clube de Yuri Tielemans. Os belgas abriram o placar no primeiro tempo, antes de aumentarem a dez minutos do final.
Segundo em seu grupo antes do jogo, os monegascos não se classificaram para a fase seguinte. Esta eliminação prematura permitiu ao AS Monaco apostar tudo no Campeonato Francês e se calssificar à Liga dos Campeões ao final da temporada.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.