Fechar
Comunicados 13 Outubro 2018, 11:20

Thierry Henry, puro produto do AS Monaco

Thierry Henry, puro produto do AS Monaco
Novo treinador do AS Monaco, Thierry Henry chega ao Principado num clube que conhece bem. Formado no AS Monaco, o ex-selecionável francês vestiu a camisa vermelha e branca 142 vezes. Relembre os primeiros passos de uma carreira de ouro.

Natural de Ulis em Essonne, Thierry Henry chega a ‘Rocher’ aos 16 anos de idade. Autor de uma temporada 1993/1994 com 42 gols, o jovem atacante chamou a atenção do técnico da equipe, Arsene Wenger. Duas semanas depois de se juntar ao grupo profissional, Henry tem a sua primeira partida como titular na liga francesa. O jovem talento estreia ao lado de nomes como Lilian Thuram, Emmanuel Petit e Yuri Djorkaeff.

Ainda em aprendizagem, Thierry Henry evolui principalmente com a equipe reserva durante o ano de 1994/95. Prometido para um futuro profissional, Arsène Wenger convoca o atacante oito vezes e assiste aos seus três primeiros gols. O futuro artilheiro da equipe da França (51 gols) finalmente convenceu os observadores em 29 de abril de 1995. Autor de uma dobradinha contra o RC Lens para uma vitória (6-0), Henry brilha já em seu primeiro gol. Após driblar Guillaume Warmuz, o atacante, do lado esquerdo, encontra ângulo para bater do lado oposto da rede.

Melhor jovem jogador francês

Thierry Henry continua sua evolução na temporada seguinte ao participar de sua primeira campanha na Copa da Uefa. Ele participa de 18 jogos e marca três novos gols. Depois de dois anos em que o jovem atacante ganha força, chegou a hora de brilhar no início da temporada de 1996. Frequentemente alinhado com Victor Ikpeba e Sonny Anderson, Thierry Henry continua com as boas atuações. Com nove gols em 36 jogos, ele participa de forma decisiva no sexto título de campeão francês do AS Monaco. Semi-finalista da Taça UEFA e melhor jovem do campeonato, a carreira do número 12 monegasco está lançada.

1 / 6

Campeão da França aos 20 anos, o jovem de Ulis impressiona com a sua precocidade. Em 1º de Outubro de 1997, Thierry Henry tornou-se no mais jovem jogador monegasco a marcar um gol na Liga dos Campeões (21 anos, um mês e catorze dias) e marcou duas vezes frente ao Bayer Leverkusen. Vencido posteriormente por Kylian Mbappé, que marcou contra o Manchester City em 21 de fevereiro de 2017 com 18 anos, 2 meses e um dia.

AS Monaco abre as portes de Clairefontaine

Henry terminou como artilheiro da fase de grupos com seis gols e três assistências antes de alcançar as semi-finais da competição contra a Juve. O bom momento continua para o companheiro de equipa de David Trezeguet que é convocado para a equipa francesa dias após sua estréia na Liga dos Campeões. O atacante Vermelho e Branco é coroado campeão mundial nove meses depois, ao lado de outros dois monegascos, Fabien Barthez e David Trezeguet.

Após dois anos no mais alto nível, Thierry Henry atrai cada vez mais os clubes europeus. A Juventus de Turim o seduz durante a janela de transferências de Inverno de 1999. A experiência dura seis meses antes de reencontrar Arsène Wenger nos Arsenal.

Fotos : Franck Nataf