Fechar
Meios 21 Janeiro 2021, 20:24

Niko Kovac: "Uma boa oportunidade para ultrapassar o Marselha"

Niko Kovac: "Uma boa oportunidade para ultrapassar o Marselha"
Dois dias antes da recepção do Olympique de Marselha no Stade Louis-II, Niko Kovac falou em coletiva de imprensa sobre esta partida, válida pela 21ª rodada da Ligue 1

Niko Kovac e seus jogadores estão em uma série de boas atuações ultimamente, com três vitórias em três jogos desde o início de 2021. O capitão monegasco Wissam Ben Yedder até balançou a rede na vitória contra o Montpellier na sexta-feira, garantindo a 4ª posição do AS Monaco na classificação da Ligue 1. Antes da recepção do Olympique de Marselha neste sábado, o treinador croata falou sobre a boa série da sua equipe.

Treinador, esta é a melhor hora para enfrentar o Marselha?

Esta é uma pergunta difícil, será mais fácil responder após o jogo. Quando uma equipe está com problemas, algumas pessoas podem pensar assim. Mas por outro lado, é possível ver de outra forma. É também uma oportunidade para eles levantarem a cabeça e mostrarem outra atitude. Pode ser o melhor momento, assim como o pior, porque eles vão querer dar o melhor de si para seguir em frente. Prefiro que falemos sobre minha equipe. Os jogadores deram sinais de evolução nos últimos dois jogos.

Por outro lado, se fizermos esta pergunta a André Villas-Boas, este é o pior momento para desafiar o AS Monaco?

Estamos desfrutando de um bom momento. Estamos no caminho certo. O Marselha está na mesma situação que nós em dezembro. Nunca é fácil ser treinador de um grande clube como o Marselha. Não estou aqui para criticar o nosso adversário, não quero falar dos problemas das outras equipes. Eu também tenho coisas com que lidar. Ainda existem conceitos a serem refinados.

São dois jogadores jovens, cheios de qualidades. Eles devem ser o coração da nossa equipe, são a ponte entre a defesa e o ataque. São eles que ditam a nossa posse, tendo que estar disponíveis, ditando o ritmo da equipe. Eles são os organizadores do jogo e pouco importa o resultado, mesmo quando ganhamos por 3-0 sobre o Montpellier.
Niko KovacTreinador do AS Monaco

Caio Henrique tem jogado bem nas últimas partidas, dando até assistências. Você acha que ele demonstrou o seu verdadeiro nível?

Quando chegou, ele não pôde jogar por seis meses devido à crise da Covid-19. Ele não estava pronto nas primeiras semanas, não estava no nível que esperávamos. Ele então se machucou em um amistoso contra o Nice. Precisávamos de tempo para colocá-lo de volta aos trilhos. Dá para ver que ele é tecnicamente muito forte, como vários brasileiros. Ele voltou bem, mas pode estar ainda melhor fisicamente. De qualquer forma, ele está mais confiante no momento. Precisou de tempo, nunca é fácil quando você vem de outro país com uma cultura diferente. Ele dá muito de si nos treinamentos e nos ajuda muito há algum tempo.

Os dois volantes vêm de dois ótimos jogos. Quais são as melhorias a serem feitas em um futuro próximo?

Quero que Youssouf e Aurélien progridam como jogadores de futebol, mas também como homens. São dois jogadores jovens, cheios de qualidades. Eles devem ser o coração da nossa equipe, são a ponte entre a defesa e o ataque. São eles que ditam a nossa posse, tendo que estar disponíveis, ditando o ritmo da equipe. Eles são os organizadores do jogo e pouco importa o resultado, mesmo quando ganhamos por 3-0 sobre o Montpellier. Eles precisam ser mais fortes, focados e disciplinados. Ainda falta uma comunicação melhor entre eles, mas estão trabalhando nisso. Estou feliz com o desempenho, mas eles ainda precisam aprender em diferentes áreas.

Eles marcam muitos gols. Wissam marcou nove, e Kevin anotou dez. Eles não se limitam a marcar apenas, e já deram várias assistências. É importante ter dois artilheiros. Não dependemos de um único jogador ofensivo.
Niko KovacTreinador do AS Monaco

Você gostaria que eles tomassem mais iniciativas de forma ofensiva?

Eles têm um bom chute, mas ainda não marcaram de fora da área este ano. Existem muitas estatísticas disponíveis hoje, mas acertar e marcar de longe não é o que mais me interessa. Prefiro que preparemos nossas jogadas da melhor maneira possível, para que tenhamos chances de gol reais na área. Como meio-campista, acho que eles são capazes de marcar dois gols por temporada, no mínimo. Mas, novamente, preferimos estar dentro da área para ter mais chances de marcar.

A dupla Ben Yedder & Volland está funcionando maravilhosamente bem no momento…

Eles marcam muitos gols. Wissam marcou nove, e Kevin anotou dez. Eles não se limitam a marcar apenas, e já deram várias assistências. É importante ter dois artilheiros. Não dependemos de um único jogador ofensivo. Sofiane também marcou cinco gols. Todos os jogadores são importantes para fomentar esse espírito de equipe. O futebol é um esporte de 11 contra 11, não se trata apenas de um jogador. Os jogadores trabalham bem juntos com e sem bola, estou satisfeito.

Algumas despedidas são esperadas na janela de transferência?

Não faria sentido vender nossos melhores jogadores. A situação atual é complicada para todos. Estamos numa boa posição na classificação, não adianta mudar tudo. Queremos atingir nossos objetivos. É difícil pagar no momento, então estamos determinados a manter nossos jogadores. A única coisa que posso dizer é que Strahinja Pavlovic vai ser emprestado ao Cercle Brugge. Ele precisa de tempo de jogo.

Golo está no caminho certo, tendo uma boa recuperação. Corridas de alta intensidade não são a mesma coisa nos treinamentos e nos jogos, ele ainda precisa de um tempinho para disputar um jogo completo. Não é com três semanas de treinamento e quatro meses de distância que ele poderá jogar 90 minutos.
Niko KovacTreinador do AS Monaco

É preciso saborear esta quarta colocação na classificação, estando a apenas seis pontos do líder?

Não olho muito para os três primeiros lugares. Os que estão atrás me preocupam mais, porque há clubes com ótimo desempenho. É uma boa oportunidade para superar o Marselha, mas não só eles. Vamos tentar manter ou até aumentar essa distância. Tivemos um mau momento em dezembro. Hoje, temos uma série de vitórias. O futebol não é algo preto e branco.

Você pode nos contar mais sobre a condição física de Gelson Martins?

Cesc não está disponível. Ele está melhor, mas ainda não está pronto. Gelson também não estará disponível contra o Marselha, pois tem um problema no joelho. A equipe está trabalhando muito para trazê-lo de volta. Ele ainda não está treinando coletivamente. Veremos o que acontece nos próximos dias.

Ruben Aguilar começou como meia direita contra o Montpellier. Será que ele vai começar de novo nesta posição contra o Marselha?

O Ruben fez um jogo muito bom, embora não seja a sua posição preferencial. Djibril também convenceu na lateral-direita. Estou feliz com seu desempenho. O Ruben passa muito tempo em campo, dá tudo pela equipe. É isso que adoro num jogador: a sua determinação. Portanto, não há razão para mudar. Golo está no caminho certo, tendo uma boa recuperação. Corridas de alta intensidade não são a mesma coisa nos treinamentos e nos jogos, ele ainda precisa de um tempinho para disputar um jogo completo. Não é com três semanas de treinamento e quatro meses de distância que ele poderá jogar 90 minutos. Não queremos correr riscos agora, estamos dando um passo após o outro para chegar aos 100%. Mas do ponto de vista tático, eu o vejo mais como um ala.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.