Fechar
WHAT A GOAL ! 09 Janeiro 2020, 19:10

WAG: Marcelo Gallardo, o Príncipe do Parc

WAG: Marcelo Gallardo, o Príncipe do Parc
Em 5 de janeiro de 2002, a 20ª rodada do Campeonato Francês levava o AS Monaco ao Parc des Princes. Os Rouge e Blanc conseguiram a virada diante do PSG graças ao golaço marcado por Marcelo Gallardo nos últimos instantes da partida

É com alegria que compartilhamos hoje esse golaço do craque argentino, atual treinador do River Plate. Mas também é um mea-culpa pela sua ausência no Top 100 que propusemos durante as celebrações do final do ano, para eleger o “Gol do Século” entre os mil gols marcados pelo AS Monaco no campeonato desde 1º de janeiro de 2000. De fato, esse lance de Marcelo Gallardo merecia seu lugar neste Top 100.

Eram 48 minutos do segundo tempo deste PSG x AS Monaco em 5 de janeiro de 2002, quando “El Muñeco” foi encontrado por Shabani Nonda à esquerda da área parisiense. Enfrentando vários defensores, Gallardo dominou, ficou em uma posição de chute com o pé direito e mandou tranquilamente a bola no ângulo esquerdo de um Lionel Letizi desiludido.

Dois pontos preciosos

Com esse golaço de classe mundial, o AS Monaco conseguiu prevalecer nos últimos momentos em uma partida altamente disputada. Depois de um pênalti convertido por Ronaldinho pouco antes do intervalo, os jogadores de Didier Deschamps encontraram os recursos para empatar no segundo tempo com um jovem Souleymane Camara, então com 19 anos. O talento de Gallardo fez o resto.

Apesar desta vitória de prestígio, o AS Monaco terminou esta temporada de transição – a primeira de Didier Deschamps no comando – na 15ª posição, enquanto o PSG ficou em 4º. No entanto, este gol trouxe dois pontos preciosos na corrida pela manutenção. Marcelo Gallardo ainda não sabia que cinco anos depois seu papel seria revertido. Porque em 10 de fevereiro de 2007, então jogador do PSG, ele marcou novamente no Parc des Princes durante um PSG x AS Monaco, mas desta vez contribuindo para a vitória parisiense (4×2)… Mas os torcedores monegascos não guardaram mágoas.

5 de janeiro de 2002 – Parc des Princes
Campeonato Francês – 20ª rodada
Paris SG 1×2 AS Monaco
Árbitro:
Duhamel
Gols: Ronaldinho (41’/1ºT) para o PSG – Camara (18’/2ºT) e Gallardo (48’/2ºT) para o AS Monaco
Paris SG: Letizi, Potillon (Agosthinho, 23’/2ºT), Pochettino, El Karkouri, Cristobal (Mendy, 23’/2ºT), Dehu, Hugo Leal, Cissé, Leroy (Aloísio, 30’/1ºT), Ronaldinho, Ogbeche – Treinador: Luis Fernandez
AS Monaco: Roma, Cubilier, Rodriguez, Marquez, Rool, Nyarko (Abidal, 45’/2ºT), Jugovic, Farnerud, Gallardo, Camara (Eloi, 39’/2ºT), Nonda – Treinador: Didier Deschamps

Crédito: Jean BIBARD / FEP / PANORAMIC
AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.