Fechar
Ligue 1 Conforama 18 Setembro 2020, 23:54

Conheça o Stade Rennais

Conheça o Stade Rennais
O Monaco vai até o Roazhon Park às 16h de sábado para enfrentar o Stade Rennais no jogo válido pela 4ª rodada da Ligue 1 Uber Eats. O time da região da Bretanha estará na Liga dos Campeões nesta temporada.

Chegou o primeiro duelo de “topo da tabela” da temporada 2020-2021 para o AS Monaco, que está prestes a enfrentar o Stade Rennais na casa do adversário (sábado, 16h, no Roazhon Park). Com sete pontos conquistados, as equipes ocupam atualmente a segunda e a terceira posição do campeonato, com dois pontos de diferença atrás do Saint-Étienne, que venceu seus três encontros na Ligue 1.

Julien Stéphan, o treinador que mudou tudo

Com apenas 39 anos, Julien Stéphan transformou o Stade Rennais desde o momento em que ele assumiu a equipe principal do clube em dezembro de 2018. Enquanto treinava o time reserva, o treinador do Rennes assumiu o banco como interino num período em que tudo aconteceu da melhor forma possível com duas vitórias sobre Lyon e Dijon. Resultado: o treinador do SRFC renovou até junho de 2020. Sua primeira temporada no banco do clube da Bretanha foi encerrada com o sucesso na final da Copa da França e a segunda, na temporada passada, terminou com o clube chegando até a fase de grupos da Liga dos Campeões pela primeira vez em sua história ao fechar a Ligue 1 no 3º lugar. Então, é contra uma equipe de nível europeu que o AS Monaco joga no sábado.

Rennes, terceiro colocado na Ligue 1 do ano passado, joga a Liga dos Campeões

O Rennes iniciou o campeonato contra outra equipe que estará competindo na Europa: o Lille, classificado para a Liga Europa. As duas equipes terminaram o jogo com um empate (1-1) e o zagueiro Damien Da Silva marcou para o SRFC. O time da Bretanha bateu o Montpellier logo em seguida com um gol contra de Damien Le Tallec e outro de Eduardo Camavinga e, na terceira rodada, a equipe de Julien Stéphan venceu o Nîmes na casa do adversário por 4-2, graças a Benjamin Bourigeaud e duas novas contratações: Nayef Aguerd e Serhou Guirassy, que marcou dois gols no seu primeiro jogo com a camisa do clube. O Stade Rennais também possui em seu elenco jogadores como Martin Terrier e renovou por mais um ano o empréstimo de Steven Nzonzi.


Coletiva de imprensa

“Estamos contentes por jogador esse tipo de jogo. Talvez seja um adversário de um nível superior, mas é uma partida interessante contra um adversário que teve bons resultados ultimamente. Penso que nossos jogadores estão prontos e que eles possam competir bem no encontro”
Niko KovacTreinador do AS Monaco
“O Rennes é uma equipe muito boa que irá jogar a Liga dos Campeões e é um bom teste para nós. Saímos de duas vitórias, recebemos um cartão vermelho muito cedo contra o Metz, mas vimos que o time esteve muito unido e, contra o Reims, conseguimos recuperar o 0-2 até um 2-2. A mesma coisa aconteceu no final de semana contra o Nantes, quando o adversário empatou e conseguimos nos superar para ganhar a vantagem. São coisas que nos dão confiança e consciência de que somos fortes, assim os times nos observam com outros olhos. Isso vai servir para buscar um resultado em Rennes. Todo mundo está comprometido”
Ruben AguilarDefensor do AS Monaco
“Estou contente que Sofiane Diop tenha tempo de jogo. É um jovem jogador de qualidade e no ano passado ele pôde ganhar muita experiência com o Sochaux. Lamentei a sua saída na época quando tive ele com o time reserva. Ficarei contente em vê-lo no campo se ele jogar sábado”
Julien StéphanTreinador do Stade Rennais
Queremos seguir no topo da tabela. O Monaco é uma equipe muito boa, será uma partida aberta com muito jogo. Estudamos nosso adversário e estamos preparados para o encontro. Será um grande jogo a ser disputado
Nayef AguerdDefensor do Stade Rennais

Stade Rennais – AS Monaco, são…

– 87 jogos na Ligue 1, com um saldo de 47 vitórias, 18 empates e 22 derrotas (143 gols marcados, 93 sofridos)

– Nos 43 jogos disputados em Rennes na Ligue 1, o saldo é de 16 vitórias, 12 empates e 15 derrotas (55 gols marcados, 53 sofridos)

– 54% de derrotas para o Rennes contra o Monaco na Ligue 1 (47/87), a porcentagem mais alta de derrotas contra um time da elite

– 3-0 é o placar mais alto: veio no dia 13 de março de 1997, com dois gols de Sylvain Legwinski e outro de John Collins para dar a vitória ao Monaco no Stade de la Roude de Lorient e assegurar a manutenção do primeiro lugar, o que levaria o time até ao sexto título do Campeonato Francês algumas semanas depois.

AS Monaco uses cookies on this website. With your agreement, we use them to access how this website is used (analytic cookies) and to adapt it to your needs and interests (customization cookies depend on your browsing and your browser). By continuing your browsing, you give us the permission to use them.