Fechar
Reações 12 Dezembro 2020, 21:40

As reações de Niko Kovac e Gelson Martins

As reações de Niko Kovac e Gelson Martins
O treinador do AS Monaco ficou obviamente desapontado com a derrota no Stade Véoldrome para o Olympique de Marselha (2-1), ao final de um jogo bastante disputado

Treinador, sentimos que sua equipe esteve em dificuldades no primeiro tempo. Como você analisa essa partida?

Acho que começamos muito bem. Tivemos uma grande oportunidade logo no início com Wissam. Se marcássemos, acho que o jogo seria diferente. Depois, sofremos dois gols em dois chutes, o que muda necessariamente toda a cara do jogo. Até o intervalo o jogo estava equilibrado. Depois dominamos na segunda metade, mas o Marselha se defendeu muito baixo, estando muito perto da área. Tentamos empatar nos minutos finais, mas não foi o suficiente. Os primeiros quinze minutos nos penalizaram muito.

Como você explica essa falta de sucesso nos grandes jogos?

Além do Paris Saint-Germain, que derrotamos em casa, todos os jogos que perdemos para os grandes foram fora, contra Rennes, Lyon, Lille e Marselha. Ainda vencemos no gramado do Nice, no Derby. É difícil jogar fora, acho que nos falta um pouco de experiência. Tal como nos últimos jogos, sofremos dois gols em dois chutes certos. Às vezes, você só precisa ter um pouco mais de sorte, e nem todas as chances do seu oponente terminam em gol. Foi o mesmo no fim de semana passado. Precisamos trabalhar nisso, reduzir o número de erros novamente e evitar que nossos oponentes marquem a cada chute.

O Marselha jogou em um 4-4-2, mas Florian Thauvin não foi apenas o segundo atacante. Ele estava se movendo em todo o campo como Mickaël Cuisance. Para mim, Dario Benedetto foi o único centroavante e Thauvin voltou ao meio, devíamos tê-lo seguido mais e impedido de vir buscar as bolas. Ele recebeu a bola e estava livre para se virar.
Niko Kovac Treinador do AS Monaco

Você teve alguma dificuldade com o sistema de dois atacantes do OM?

O Marselha jogou em um 4-4-2, mas Florian Thauvin não foi apenas o segundo atacante. Ele estava se movendo em todo o campo como Mickaël Cuisance. Para mim, Dario Benedetto foi o único centroavante e Thauvin voltou ao meio, devíamos tê-lo seguido mais e impedido de vir buscar as bolas. Ele recebeu a bola e estava livre para se virar. No segundo tempo também atuamos em um losango após os 20 minutos. Acho que foi melhor, mas o problema honestamente não era tático. Acho que em todo o jogo fomos melhores, mas quando você perde sempre parece que tudo deu errado.

Por que Benoît Badiashile saiu ao intervalo?

A meu ver, Benoît tem feito muitos jogos, todos desde o início da temporada conosco e com a seleção francesa sub-21. Por isso resolvi trazer o Guillermo Maripán ao intervalo, para que ele tivesse a oportunidade de jogar, de acumular minutos para os próximos jogos. E ele fez uma boa entrada. Acho que o Benoît e o Caio estavam cansados, por isso resolvi substituir.

Precisamos ter uma defesa mais forte, porque na Ligue 1, quando você comete um erro, é punido imediatamente com um gol. Estamos numa das cinco grandes ligas europeias e, por isso, temos atacantes muito bons. Temos que trabalhar nisso, mas não estou preocupado, meus jogadores vão melhorar, tenho certeza.
Niko KovacTreinador do AS Monaco

Como alguns jogadores podem ficar cansados ​​quando o OM joga a cada três dias?

Só disse que dois jogadores estavam um pouco cansados ​​com a sequência de jogos, Benoît e Caio. Repito, Caio está voltando de seis meses sem jogar, por causa de uma lesão, sabendo que também contraiu a Covid. Quanto ao resto, vocês viram com os seus próprios olhos, corremos muito e percorremos muito terreno durante 96 minutos, até ao último segundo.

Qual foi o motivo da ausência de Florentino Luís?

Ele pode precisar de um pouco de tempo para se adaptar. Meus jogadores estão todos trabalhando duro e eu tenho que tomar decisões. Infelizmente, Cesc estava fora do jogo, mas descobri que o Enzo e o Eliot se deram muito bem nos treinos. Eles estavam em melhor forma esta semana, por isso resolvi os chamar.

A reação de Gelson Martins:

“Os dois duelos, em Lille e hoje em Marselha, foram semelhantes porque foram decididos nos detalhes. É preciso aproveitar as coisas boas que produzimos e continuar a trabalhar para voltar bem. Podemos sempre fazer mais, eu primeiro. Enfrentamos duas grandes equipes do campeonato e temos que levantar a cabeça juntos. Temos sorte de ter um time rico e quem jogou menos vai poder nos ajudar na sequência.”

Rise. Risk. Repeat.

MAS DE FATO, PARA QUE SEUS COOKIES SÃO USADOS? 🤔

Você os aceita várias vezes por dia nos vários sites que visita. Mas o que você sabe sobre eles? Obviamente, os cookies não são comidos e também não são perigosos. Eles apenas nos ajudam a personalizar sua experiência na Internet. Quando você visita o asmonaco.com, eles nos permitem primeiro analisar o público e o desempenho do site. E eles nos servem principalmente para fornecer a você anúncios e conteúdo que correspondem ao que você gosta. Observe que você pode alterar suas preferências a qualquer momento, graças aos regulamentos sobre proteção de dados pessoais. Ou entre em contato com nossa equipe para qualquer esclarecimento. Obrigado por sua confiança!

Cookies strictement nécessaires
Cookies statistiques
Cookies tiers